Política

Barreiras se prepara para evento em favor da criação do estado do Rio São Francisco

A mobilização pela criação do estado do Rio São Francisco é o grande assunto deste fim de semana em Barreiras e na região Oeste da Bahia. O evento está previsto para começar às 18 horas, no Ginásio de Esportes da Faculdade São Francisco de Barreiras – FASB. A proposta pela criação do estado, feita pelo deputado João Maurício Wanderley, natural da cidade de Barra, completou em 2011, 160 anos. Desde aquela época João Mauricio, o “Barão de Cotegipe”, sonhava com a criação do novo território. Prefeitos, vereadores, sociedade civil organizada e cidadãos comuns de diversas cidades que compreendem o futuro estado do Rio São Francisco irão participar do evento. Alguns políticos da região abraçaram a causa e com o Projeto de lei do deputado federal Gonzaga Patriota (PSB-PE) que propõe plebiscito para a criação do estado do Rio São Francisco, no oeste da Bahia, a luta segue firme e avançando, consideravelmente. Com a criação do novo estado 35 municípios deixarão de fazer parte do estado da Bahia e integrarão o novo estado do Rio São Francisco, sendo eles: Angical, Baianópolis, Barra, Barreiras, Brejolândia, Buritirama, Campo Alegre de Lourdes, Canápolis, Carinhanha, Casa Nova, Catolândia, Cocos, Coribe, Correntina, Cotegipe, Cristópolis, Feira da Mata, Formoso do Rio Preto, Jaborandir, Mansidão, Muquém de São Francisco, Pilão Arcado, Remanso, Riachão das Neves, Santa Maria da Vitória, Santana, Santa Rita de Cássia, São Desidério, São Félix do Coribe, Serra do Ramalho, Serra Dourada, Sítio do Mato, Tabocas do Brejo Velho e Wanderley. O novo estado contará com um território de 174.298 km², e uma população de quase um milhão de habitantes. A Região Oeste da Bahia possui história de crescimento marcada pelas peculiaridades naturais e econômicas, diferente das demais regiões do estado. A economia da região oeste se desenvolveu e possui atualmente base diversificada, principalmente no setor agrícola, com destaque para a produção de grãos, que é liderada pela soja, e além de soja a região também se destaca na produção de milho, algodão, feijão, café irrigado, arroz, capim e na fruticultura. Mesmo passando por todo este processo de desenvolvimento é importante ressaltar que diante da realidade sócio-econômica da região do Oeste Baiano, a mesma necessita de investimentos sócio-econômicos na perspectiva de minimizar as desigualdades sociais. Portanto, nesta sexta-feira (19), com o evento de mobilização pelo estado, se reunirão no ginásio da Fasb, grandes lideranças como: o governador do estado do Tocantins, o prefeito de Palmas, o presidente da Associação Tocantinense dos Municípios – ATM, deputados estaduais e integrantes da CANORTE, e a entidade responsável pela emancipação do estado do Tocantins, o deputado federal Gonzaga Patriota (PSB-PE) e ainda as lideranças da região: prefeitos, deputados, vereadores e todos que lutam pela criação do estado, com o mesmo objetivo priorizar a divisão da Bahia surgindo assim, um novo estado, o estado do Rio São Francisco. No momento também será lançado um livro que conta a história de criação do estado do São Francisco desde 1824 até os dias atuais. A publicação tem a organização e textos de: João Alfredo, Pedro de Deus, Clodomir Moraes e Romênia Mariani.

Previous post

Inscritos no “Minha Casa, Minha Vida” em Petrolina devem atualizar o seu cadastro partir de segunda-feira

Next post

Prefeito Domingos Sávio visita Fábrica de Cerâmica em Petrolina

No Comment

Leave a reply