AcidenteJustiça

JUÍZA AMPLIA PRAZO DE INVESTIGAÇÃO DO ACIDENTE QUE MATOU EDUARDO CAMPOS

Pernambuco 247 – A juíza da 4ª Vara Federal de Santos, Alessandra Nuyens Aguiar Aranha, atendeu pedido feito por Ana Lucia Arraes de Alencar e Antonio Ricardo Accioly Campos, mãe e irmão do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos e ampliou o prazo da investigação sobre o acidente aéreo que resultou na morte do então candidato à Presidência da República, em 2014.

A magistrada suspendeu a prescrição do caso, que aconteceria no dia 13 deste mês. Terminado este prazo, a família não poderia mais ingressar na Justiça para investigar o desastre aéreo. A família alegou que o laudo feito pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), apontando falha humana como sendo a causa do ocorrido, era inconsistente. Além disso, a família alega que o Relatório de Investigação do Controle do Espaço Aéreo (Ricea) teria demonstrado erros na conclusão do Cenipa.

O processo sobre o acidente foi enviado pela juíza Alessandra Nuyens para o Ministério Público Federal, que irá decidir sobre o pedido de produção de novas provas sobre o caso.

Previous post

TEMER QUER CRIAR A REPÚBLICA DO LIXO

Next post

BOA NOITE

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter Captcha Here : *

Reload Image