CostumesCultura

POESIA DE LUTO: ADEUS POETINHA

Emmanuel Gama de Sousa Almeida, o popular Manuca Almeida (54), nasceu no dia 16 de dezembro de 1963, em Aracajú. Poesia e irreverência foram umas das suas marcas registradas.Sergipano adotou Juazeiro, tendo recebido título de cidadão Juazeirense e ficou conhecido por ser um compositor, poeta, ator, produtor musical e escritor brasileiro, onde a irreverência e rimas impensáveis eram sua marca.

Manuca participou e fez produções locais de novelas, comerciais e filmes, como “Dona Flor e seus dois maridos”; “Eu, Tu, Eles”; “Guerra de Canudos” e “Memórias Póstumas de Brás Cubas”. Em 2001, ficou conhecido em todo mundo depois da composição “Esperando na Janela”, gravada por Gilberto Gil e por mais de 40 artistas,  vencer o Grammy Latino como melhor música brasileira daquele ano.

Manuca e sua Musa Lú Almeida em entrevista a este blogueiro

Tem vários livros lançados, poesia em camisas, cartões, almofadas, calcinhas, e mais de 500 música compostas, sendo que mais de 200 gravadas por artistas como Gilberto Gil, Ivete Sangalo, Familia Caymmi, Dominguinhos, Arnaldo Antunes, Rosa Passos, Margareth Menezes e muitos outros

Aqui Manuca com o grande amigo Galvão

O seu problema de saúde começou nos rins, onde teve que extrair um deless e ao fazer biopsia foi constatou-se que ele tinha um tumor maligno. Semanas depois começou sentir dores de cabeça e seu caso se agravou, com novos exames fdetectando um tumor na cabeça. Ao ser marcada a cirurgia em Petrolina, a cantora baiana Ivete Sangalo tomando conhecimento do caso o transferiu para a cidade de Barretos para fazer a cirurgia, tudo com a interveniência da cantora tendo nos últimos dias seu quadro de saúde se agravado após sessões de quimioterapia vindo a óbito no começo desta noite (11).

Toda família de Manuca se encontra na cidade de Barretos São Paulo. O velório só será marcado depois que o hospital liberar o corpo. Segundo informações da família, deverá ser na segunda-feira (13), no Centro de Cultura João Gilberto.

À família enlutada as condolências de toda equipe do blog em particular do editor deste blogQSP, que teve o privilégio de conviver com Manuquinha e a companhar bons momentos de sua criação poética. Manuca deixa esposa, três filhas e dois netos.

Previous post

MORRE O COMPOSITOR MANUCA ALMEIDA

Next post

BOM DIA

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter Captcha Here : *

Reload Image