Artigo

ASSESSORES DE MIGUEL COELHO ERRAM, PERDEM CONTROLE DA DIREÇÃO E CAEM EM ABISMO

Ao assessor de comunicação compete facilitar a relação entre o seu cliente  e com quem ele precisa se comunicar. Regra básica para uma boa assessoria de comunicação.

Não tem acontecido isso em Petrolina.O prefeito Miguel Coelho, anda batendo a cabeça com seus assessores de comunicação, que a cada esquina fazem uma barbeiragem. O caso mais recente envolveu o prefeito Miguel Coelho e o vereador Gabriel Menezes, por conta do programa Nova Semente.

Menezes, depois de terminada a última sessão do dia 09 de novembro (quinta-feira), foi para o seu veículo e de lá postou um vídeo,  onde dizia,  que o atual prefeito usava de artimanhas e naquele momento aprovava um projeto que decretava o fim do Programa Nova Semente. Se você não conhece o programa, foi justamente ele, que elevou o nome do ex-prefeito Julio Lossio à galeria de prefeito amigo da criança. Com o programa Nova Semente , Lossio se firmou no cenário politico-social, como um dos homens que mais cuidou das pessoas  na famosa cidade de Petrolina.

Por conta disso, Miguel Coelho, se viu forçado a mudar o nome do programa, que ao se falar nele, as lembranças todas se voltavam para o ex-prefeito. De janeiro até novembro, mudanças bruscas foram acontecendo dentro do Nova Semente. De lá para cá, mais de 2 mil mulheres foram demitidas, bem como mais da metade das creches foram fechadas. Tudo isso sendo comunicado pela assessoria de comunicação,  como ajustes necessários. O fim da picada foi na última sessão da Casa Plinio Amorim. Menezes disse o que bem entendeu no vídeo. Daí, sem perder tempo,uma nota foi enviada, depois  retrucada e erros da assessoria começaram a aparecer. acompanhe:

A barbeiragem da Assessoria de Comunicação Ávidos para dar uma resposta em tempo hábil, os assessores saíram atropelando tudo o que aprenderam e jogaram por terra seus ensinamentos.

Primeiro ponto e primeiro erro: Não se faz uma nota gigante, isso cansa quem lê. Para que tantos parágrafos? O povo quer entender o que se lê, não precisa fazer um capítulo com versículos.

Segundo ponto e segundo erro: Em nota de resposta, não se usa o sangue. A nota enviada pela assessoria, é cheia de mágoa e só fala da eleição passada e da derrota que, segundo a assessoria,  não foi digerida por Gabriel Menezes. Entendam que já se passou mais de um ano daquela eleição. Já são onze meses de gestão Novo Tempo. Como não digeriu?

Terceiro ponto e erro crasso: Nota é assinada pelo executivo , a nota tem que começar dizendo que o prefeito…  que o governador… Erraram e começaram dizendo que era a assessoria que assinava. Usurparam o poder da assinatura.

Quarto ponto: Se era para enviar a nota, enviasse através de um vereador, jogasse a briga para dentro do campo de batalha da Câmara dos vereadores, é la´que tem que ser o embate, e não colocar Miguel Coelho dentro de uma celeuma que era de fácil compreensão. Que Gabriel discutisse com seus pares, com aqueles que tem a mesma autoridade na cidade. Mas erraram e colocaram Menezes com o mesmo tamanho de Miguel Coelho. Barbeiragens que poderiam não ter acontecido. E vai acontecer de novo.

Como já dissemos por diversas vezes: Alguém precisa avisar ao executivo que o carro da assessoria de comunicação está desgovernado. Perderam o controle da direção e estão caindo em abismo.

Por Cauby Fernandes

Previous post

VILA TIRADENTES E JOÃO XXIII SEGUEM NO INTERBAIRRO

Next post

CORPO É ENCONTRADO NA ZONA RURAL DE JUAZEIRO

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enter Captcha Here : *

Reload Image