Política

PREFEITO DE PETROLINA MIGUEL COELHO DESCOBRIU O ÓBVIO

“PSB mostrou que não me quer no partido”

Blog da Folha

Após ter sido destituído do comando do PSB de Petrolina, o prefeito do município, Miguel Coelho (PSB), admitiu que não existe mais ambiente para ele na agremiação. O gestor garante que não estava pensando em mudar de sigla até ser surpreendido com o telefonema do presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, comunicando a decisão.

“Está claro que o PSB não nos quer no partido. Vou procurar um novo destino e sair no momento certo. O partido mostra que não quer mais o trabalho que fizemos de reconquistar a Prefeitura de Petrolina para o partido após 10 anos e todo o trabalho de estruturação do partido que fizemos”, lamentou, em entrevista, por telefone.

O gestor analisará a conjuntura partidária antes de definir seu destino. Desfiliado do PSB, o ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, também ainda não definiu seu futuro. As lideranças aguardam a definição do quadro político para tomar a decisão.

Líder do grupo dos Coelho, o senador Fernando Bezerra (PMDB) ainda não tem a garantia do comando da legenda em Pernambuco. Outro fator é o projeto do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM), que também atrai as lideranças.

Previous post

BOM DIA

Next post

CONFIRA AGORA O GABARITO OFICIAL DO ENEM

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.

No Comment

Leave a reply