Investimento

RUI LANÇA EDITAIS QUE SELECIONAM AÇÕES SOCIOAMBIENTAIS DE POVOS INDÍGENAS E QUILOMBOLAS

Comunidades Quilombolas e Povos Indígenas de todo o estado poderão inscrever seus projetos socioambientais nos editais do Programa Bahia Produtiva lançados pelo governador Rui Costa, nesta terça-feira (27), no auditório da Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra), em Salvador. Cada edital investirá R$ 9 milhões para prestar apoio técnico e financeiro a subprojetos voltados para a implantação e gestão de ações de sustentabilidade ambiental, segurança hídrica, alimentar e nutricional das famílias beneficiadas. Os editais estarão disponíveis para consulta no site da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) . As inscrições começam no dia 1º de março.

“É um volume considerável de recursos. Ontem [segunda-feira, dia 26], foram R$ 80 milhões. Hoje, são R$ 18 milhões. Estamos falando de R$ 98 milhões em dois dias em um momento de crise”, afirmou o governador ao destacar a Bahia como o estado que mais investe em agricultura familiar, com recursos próprios, em todo o país.

Segundo o titular da SDR, Jerônimo Rodrigues, “esses dois editais são especiais. Eles são específicos, não há associações não indígenas e quilombolas concorrendo. E, neste caso, a forma como eles vão cadastrar suas manifestações de interesse é diferenciada. Não precisa elaborar um projeto, eles vão apenas citar o tema que eles querem implantar na comunidade”, explicou.

A Seleção de Subprojetos Socioambientais para Povos Indígenas prevê o financiamento de cerca de 30 iniciativas, com limite máximo de investimento de até R$ 300 mil cada uma. Os recursos serão distribuídos nas quatro regiões do estado com concentração de povos Indígenas: norte, oeste, sul e extremo sul da Bahia.

A Seleção de Subprojetos Socioambientais para Comunidades Quilombolas também deverá financiar 30 propostas com até R$ 300 mil. Neste edital, o público alvo são as 736 Comunidades Remanescentes de Quilombos da Bahia, cadastrados na Secretaria de Promoção da Igualdade Racial.

O evento reuniu representantes de povos indígenas e comunidades quilombolas, além de secretários de governo e parlamentares. Os editais se juntam às outras duas Chamadas Públicas do Bahia Produtiva, lançadas na última segunda-feira (26), que investirão R$ 80 milhões na agricultura familiar, totalizando R$ 98 milhões aplicados no desenvolvimento do setor.

Previous post

ATENÇÃO FAMILIARES DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA, HOJE SE ENCERRA NA CSTT AGENDAMENTO PARA PERÍCIA MÉDICA

Next post

SERVIDORES DA PREFEITURA SÃO CAPACITADOS PARA APRIMORAR ASSISTÊNCIA SOCIAL EM PETROLINA

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.