AdministraçãoMeio Ambiente

PREFEITURA DE PETROLINA INSTALA LIXEIRAS NA TENTATIVA DE DIMINUIR A QUANTIDADE DE LIXO JOGADO NO CENTRO DA CIDADE

Elas têm uma cor forte e vão ser posicionadas em locais estratégicos exatamente para chamar a atenção das pessoas. Pintadas de amarelo, 60 lixeiras começaram a ser instaladas pela Prefeitura de Petrolina na região central da cidade. A ideia é atender uma reivindicação antiga da população e ao mesmo tempo diminuir a quantidade de lixo que fica espalhado por praças e vias. O trabalho começou na tarde desta sexta-feira (02), nas praças 21 de Setembro, Dom Malan e Maria Auxiliadora, além da avenida Guararapes.

A ação segue ao longo do fim de semana até que as equipes da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDURBS) terminem de posicionar todas as lixeiras. Idealizadas para facilitar a coleta de materiais leves, como papéis, pequenas embalagens, copos plásticos e latas de alumínio, as lixeiras têm a capacidade de armazenar até 50 litros de lixo cada. Os resíduos vão ser recolhidos diariamente pelas equipes de limpeza urbana da SEDURBS.

O secretário de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, Eduardo Carvalho, reforçou a importância da iniciativa. “Nós estamos começando a instalação das lixeiras na região central da cidade, a partir da atenção do prefeito Miguel Coelho a uma demanda antiga da população que até então tinha dificuldades em descartar um papel de bala durante um passeio com a família, por exemplo. Situação incômoda e que resultava num trabalho extra para as equipes de limpeza da cidade, mas que agora vai ficar no passado. Com a instalação desses equipamentos, a ideia é tornar a cidade mais limpa, mais agradável”, destaca Carvalho.

COLABORAÇÃO

Para que as lixeiras possam cumprir o papel que elas têm na limpeza urbana, a colaboração da população é fundamental. Por isso a Prefeitura de Petrolina espera que as pessoas utilizem as lixeiras de maneira consciente. “É importante lembrar que não se deve sobrecarregá-las de lixo, descartando somente materiais leves. Além disso, cada um tem o dever de ajudar na conservação dos equipamentos já que foram custeados com o dinheiro público e podem contribuir significativamente com o bem-estar de todos se tiverem uma longa vida útil”, acrescenta Carvalho. Texto: Felipe Pereira – AsCom Prefeitura de Petrolina Fotos: Ivaldo Reges / Prefeitura de Petrolina

 

Previous post

LULA NA PRISÃO: AINDA NÃO SERIA AGORA

Next post

ALUNOS DA REDE MUNICIPAL DE JUAZEIRO, PARTICIPARAM DO PROGRAMA "TRILHA DA MATEMÁTICA" ORGANIZADA PELA UNIVASF

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.