Entretenimento

APRESENTADOR GAGUEJA, DESISTE DE DAR NOTÍCIA AO VIVO E MOTIVO IMPRESSIONA

Um fato bastante curioso aconteceu durante o telejornal Tribuna Livre, exibido pela TV Arapuan na Paraíba. Fabiano Gomes, apresentador do programa de cunho policial, desistiu de dar uma notícia ao vivo. O motivo, inclusive, surpreendeu.

Tudo começou quando Fabiano recebeu uma notícia via WhatsApp. Logo, ele tratou de deixar claro que se tratava de uma notícia exclusiva. Na hora de falar sobre o acontecimento, no entanto, ele começou a gaguejar, e chamou um merchandising de uma empresa de saúde bucal.

Não se sabe ao certo qual era a notícia que seria divulgada pelo jornalista, mas muitos telespectadores concluíram que se tratava da prisão do advogado Rodrigo Pinto. Ele é genro do dono da própria TV Arapuan, daí o constrangimento.

Nas redes sociais, Fabiano se justificou:

“Fiquei chocado. Qualquer um se chocaria. Imagina se o Ricardo Boechat, lá na BandNews, recebesse um whatsapp dizendo que seu melhor amigo foi preso pela Polícia Federal. Você acha que Boechat daria a notícia antes de checar? Claro que não. E o programa é ao vivo”.

FALANDO EM SITUAÇÃO INUSITADA NA TV

A repórter Bruna Dealtry foi surpreendida com uma atitude desagradável nesta terça-feira (13), enquanto fazia a cobertura do jogo da Libertadores do Vasco contra a Universidade de Chile. em São Januário, no Rio. pelo Esporte Interativo.

Ela estava realizando as suas entrevistas diretamente do estúdio e, de repente, um torcedor do vasco tentou tacar um beijo em sua boca. Ela se desviou imediatamente, mas não conseguiu esconder a revolta no ar e detonou o rapaz ao vivo no canal pago.

“Isso não foi legal, né? Isso não precisava, mas aconteceu e vamos seguir o baile por aqui”, completou ela, que se manifestou sobre o assunto mais tarde, em suas redes sociais, e fez um desabafo. Segundo Bruna, ela já está acostumada com esse tipo de situação.

Recentemente, ela acabou tomando um banho de cerveja por parte de um torcedor, no entanto, apesar de deixar claro que leva isso numa boa, a jornalista lamenta o ocorrido.”Mas hoje, senti na pele a sensação de impotência que muitas mulheres sentem em estádios, metrôs, ou até mesmo andando pelas ruas”, iniciou.

“Um beijo na boca, sem a minha permissão, enquanto eu exercia a minha profissão, que me deixou sem saber como agir e sem entender como alguém pode se sentir no direito de agir assim. Com certeza o rapaz não sabe o quanto eu ralei para estar ali. O quanto eu estudei e me esforcei para ter o prazer de poder contar histórias incríveis e estar em frente às câmeras mostrando tudo ao vivo”, escreveu.

“Mas pelo simples fato de ser uma mulher no meio de uma torcida, nada disso teve valor para ele. Se achou no direito de fazer o que fez. Hoje, me sinto ainda mais triste pelo que aconteceu comigo e pelo que acontece diariamente com muitas mulheres, mas sigo em frente como fiz ao vivo. Com a certeza que de cabeça erguida vamos conquistar o respeito que merecemos e que o cidadão que quis aparecer é quem deve se envergonhar do que fez. Sou repórter de futebol, sou mulher e mereço ser respeitada”, finalizou.

Tv Foco

Previous post

EXÉRCITO SE PRONUNCIA SOBRE DESAPARECIMENTO DE CABO DO 72 BIMtz

Next post

ELEIÇÕES 2018: ACM NETO JÁ DECIDIU SEU FUTURO NA SUCESSÃO ESTADUAL

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.