ReligiãoSegurança

MPF ACUSA ONZE BRASILEIROS, DENTRE ELES DOIS BAIANOS, DE PERTENCEREM AO “ESTADO ISLÂMICO” E DE PLANEJAREM ATENTADOS DURANTE O CARNAVAL DO RIO E DE SALVADOR

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou 11 brasileiros, dentre eles dois baianos, por envolvimento com o Estado Islâmico. De acordo com o jornal Estadão, houve a tentativa de recrutar jihadistas para se juntar ao grupo na Síria. Eles planejavam ataques no Carnaval de Salvador e no do Rio de Janeiro.

A denúncia é resultado da Operação Átila, da Polícia Federal. Ao menos sete pessoas foram detidas desde outubro e outras deram depoimento após condução coercitiva. Foi identificado pela Guarda Civil da Espanha grupos de WhatsApp com membros brasileiros que promoviam, organizavam ou integravam o Estado Islâmico.

O título do grupo era “Estado do Califado no Brasil” e tinha 43 integrantes. Todos são acusados de promover o terrorismo ao disseminar mensagens extremistas, vídeos com execuções e propaganda do EI.

Previous post

PERNAMBUCO JÁ CONTABILIZOU SÓ ESTE ANO, MAIS DE 37 MIL CASOS DE CONJUTIVITE

Next post

BOA NOITE

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.