AgriculturaEconomia

AGRICULTORES DO VALE COMEMORAM ACESSO AO CONHECIMENTO E INOVAÇÃO

O dia 28 de julho é dedicado aos profissionais que produzem e garantem alimentos na mesa dos brasileiros – o agricultor. Na região do Vale do São Francisco os agricultores se destacam na produção irrigada de frutas tropicais. Foi esse ramo que Rafael Bin escolheu para atuar desde 2003.

O empreendedor já possuía vasta experiência no cultivo de uva e há dois anos topou o desafio de produzir banana em sociedade com o amigo Clênio Gazula. Juntos eles cultivam uma área de 50 hectares que fica no Projeto Salitre, na zona rural de Juazeiro.

Os agricultores integram uma cooperativa que produz e comercializa em média 120 toneladas de banana por semana. A colheita acontece o ano inteiro, na propriedade dos sócios, a meta é colher 40 toneladas por hectare, para abastecer toda a região nordeste do país. “Pela qualidade das frutas produzidas aqui no Vale do São Francisco, já pensamos em exportar e conseguir acessar mercados com melhor remuneração”, planeja Rafael.

Este ano os agricultores aderiram ao Projeto Crescer no Campo, iniciativa do Sebrae, em parceira com a Embrapa, Sistema FAEB/SENAR e Centro de Excelência em Fruticultura, que visa trabalhar nos empreendedores rurais os pontos que precisam ser melhorados dentro da propriedade, desde a gestão dos negócios ao acesso a mercados, aliando tecnologias de cultivo e práticas de sustentabilidade. No norte da Bahia, o programa vai atender produtores de banana, coco e manga, durante dois anos.

Segundo o gestor do projeto de fruticultura do Sebrae, Carlos Robério Araújo, o objetivo do projeto é disseminar conhecimento e promover inovação nas propriedades e assim contribuir para aumentar a produtividade no campo. “A missão do Crescer no Campo é levar para o agricultor boas práticas agrícolas, tecnologia e acesso a mercados, aliando ferramentas do Sebrae e dos parceiros. Um bom exemplo é o Sebraetec, uma solução subsidiada em até 70%, que leva inovação para dentro dos pequenos negócios, além do Sebrae MEDE, que analisa indicadores de produtividade e rentabilidade nas empresas e propõe mudanças na gestão”, esclarece.

Ainda de acordo com Robério, durante a execução do projeto a Embrapa também tem disponibilizado pesquisadores para o auxílio nas transferências de tecnologia. Já o SENAR e Sindicato dos Produtores Rurais de Juazeiro contribuem com a oferta de capacitações para os produtores e trabalhadores rurais, além de receber os empreendedores rurais em suas instalações.

Para Rafael Bin as soluções propostas pelo Projeto Crescer no Campo irão auxiliar os agricultores na organização da gestão empresarial. “Uma das soluções que eu acho interessante é a certificação Global Gap, especializada para exportação. Acredito que se adotarmos o protocolo da certificação, conseguiremos adequar a produção em aspectos importantes, como por exemplo, a rastreabilidade da fruta, que hoje está sendo cobrada em alguns mercados no Brasil”, disse Rafael empolgado e já de olho no mercado de exportações.

O agricultor Hamilton Nunes comemora os primeiros resultados que recebeu das consultorias.  O empreendedor rural que cultiva coco no Projeto Curaçá, zona rural de Juazeiro, foi o primeiro a receber as ações do Crescer no Campo na região e já conseguiu fazer mudanças importantes na forma de gerenciar a propriedade.”Estou organizando as finanças da empresa, adotando o uso consciente de agrotóxicos, além de estar atento aos cuidados com o solo e com a saúde e segurança do trabalhador. Ainda há muito a ser feito, mas sem dúvida, estou no caminho certo”, finaliza o agricultor.

Fotos: Marcos Santiago

Lucilene Santos

Agência Sebrae de Notícias Bahia

Previous post

ELEIÇÕES 2018-BA: JUTAHY DÁ PRAZO ATÉ SEGUNDA FEIRA PARA JOSÉ RONALDO CONVENCER LÁZARO A FICAR COMO VICE

Next post

ELEIÇÕES 2018: GENERAL MOURÃO DECLARA APOIO INCONDICIONAL A BOLSONARO

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.