Costumes

AINDA SOB O IMPACTO DE SEU FALECIMENTO, GERALDO COELHO SERÁ HOMENAGEADO ESTA NOITE (30), EM MISSA NA CATEDRAL DE PETROLINA

A família do ex-deputado Geraldo de Souza Coelho convida parentes e amigos para a missa de sétimo dia em homenagem a sua memória. A celebração acontecerá nesta quinta-feira, às 18hs
UM POUCO DA HISTÓRIA DO DETERMINADO GERALDO COELHO, ‘O TRATOR DO SERTÃO’

Geraldo de Souza Coelho nasceu em Petrolina-Pe, no dia05/04/1926, filho de Clementino de Souza Coelho e Josepha de Souza Coelho. Formado em Engenharia Civil pela Universidade Mackenzie de São Paulo em 1948, no ano seguinte, 1949, fez parte da turma pioneira na construção da Hidroelétrica de Paulo Afonso.

Foi casado com D. Lourdes tem como filhos: Tereza, Rodrigo, Vitória, Ricardo (in memorian), Flávio, Jorge e Carlota.

Entrou na vida pública como Vereador por 2 mandatos, Prefeito de Petrolina 1973/1977 tendo como destaque as seguintes obras dentre tantas outras: Criação da 1ª Secretaria de Educação, Faculdade de Administração(atual FACAPE), construção da Avenida da Integração, Viaduto dos Barranqueiros, Museu do Sertão e do Novo Aeroporto.

Político por vocação, tornou-se desde cedo defensor das bandeiras da educação, saúde, eletrificação, abastecimento de água, irrigação, fazendo dos seus 6 mandatos como Deputado Estadual por Pernambuco, uma luta diária em favor dos mais necessitados das periferias e zona rural. Por sua postura ética presidiu a importante Comissão de Finanças, Orçamento e Tributação durante seus mandatos.

Foi membro atuante do Rotary foi Governador do Distrito 4550 do Rotary Club Internacional, onde até hoje se faz presente em todas as reuniões e encontros.

A síntese acima da vida  e da história do Dr. Geraldo Coelho, e aquilo que ele expressava nos blogs e em toda imprensa, que ajudaram a divulgar seu pensamento, com os espaços que gentilmente lhe são concedidos, não é nem de longe, o testemunho que temos da sua inquietude e sua luta diária em favor de sua Petrolina por quem era apaixonado, bem como, por tudo que diz respeito ao engrandecimento do Vale do São Francisco e tantas outras cidades do Agreste.

Hoje entendemos que quando aquele jovem criou uma Construtora e comandou por longos anos, seu espírito de FAZER ACONTECER foi bem maior do que simplesmente construir obras civis: foram construídas mentalidades para não se deixar nada sem solução, foram construídas barreiras contra os atrasos, e pontes para o futuro, foram construídas formas de pensar grande, e acima de tudo, foram abertas estradas onde uma permanente visão de futuro tem sido seu tráfego intenso, buscando incansavelmente a prosperidade, o progresso, e o desenvolvimento para o bem coletivo. Para os petrolinenses, fica somente saudades e um adeus tristonho.

Com informações de Cauby fernandes

Previous post

ELEIÇÕES 2018-PE: JULIO LOSSIO É O PRIMEIRO CANDIDATO A PROTOCOLAR PLANO DE GOVERNO NO TRE

Next post

ALUNOS COM DEFICIÊNCIA EM JUAZEIRO, AGORA CONTAM COM ÔNIBUS ESCOLAR COM ACESSIBILIDADE

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.