Justiça

EMPREITEIRA AFIRMA TER PAGO CAIXA 2 PARA IRMÃO DE CIRO GOMES

Executivos da empreiteira Galvão Engenharia afirmam ter pago R$ 1,1 milhão em dinheiro vivo a Lúcio Gomes, irmão do candidato à Presidência pelo PDT, Ciro Gomes, e R$ 5,5 milhões em doações eleitorais oficiais para o PSB em troca de liberação de pagamentos de obras no governo do Ceará entre 2007 e 2014. As informações são do jornal O Globo.

No período, o Estado foi governado por Cid Gomes, também irmão do presidenciável. As afirmações foram feitas em delação premiada homologada em dezembro e mantida sob sigilo até este sábado (22).

De acordo com a delação de Jorge Henrique Marques Valença, ex-executivo da empresa, Lúcio “orientava a empresa a procurar diretamente Ciro ou Cid para uma ‘conversa institucional’, na qual deveriam indicar a ordem dos recebimentos das pendências que deveriam ser cobradas”.

Durante a gestão de Cid, a construtora tinha contratos Arena Castelão, Eixão das Águas e o Centro de Eventos de Fortaleza. O empresário, porém, diz nunca ter se encontrado com Ciro Gomes e que, tanto ele quanto o governador, buscavam “dar uma aparência institucional ao serem abordados sobre pagamentos devidos pelo Estado do Ceará à empresa”.

Para validar as afirmações, Valença teria entregue comprovantes bancários dos repasses oficiais, trocas de e-mails e planilhas com o controle da entrega de dinheiro vivo.

O outro lado

Ao jornal, Ciro Gomes negou as acusações e afirmou que “é uma completa mentira. Me causa grande constrangimento ver um jornal como O GLOBO, há poucos dias da eleição, reproduzir uma infâmia dessas em cima de uma história de 38 anos de vida pública sem nunca ter me envolvido em nenhum escândalo ou roubalheira. Quem quer que sustente essa calúnia será por mim processado, como sempre fiz“.

Lúcio Gomes confirmou que esteve na empreiteira, mas disse nunca ter negociado irregularidades: “Eu trabalhava na Oi, que vendeu para o consórcio da empreiteira, administrador da Arena Castelão, todo o sistema de bilhetagem, controle de vigilância e telões. Como eu era gerente de vendas, participei de reuniões, mas aí foi uma relação privada. Só estive na empresa nesse contexto”.

Cid Gomes não quis comentar.

MSN Noticias

Previous post

ELEIÇÕES 2018-PE: EM NOTA, CANDIDATO A GOVERNADOR PELA REDE, JULIO LOSSIO, COMENTA ATO DE SUA EXPULSÃO DO PARTIDO E DISSE NÃO TER SIDO NOTIFICADO

Next post

BOA NOITE

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.