Cultura

CONSELHOS DO VELHO SÁBIO**

Poema inspirado de Max Ehrmann –

Desiderata

O mito comum é que o poema Desiderata foi encontrado em uma igreja de Baltimore em 1692 e é secular, de origem desconhecida. Desiderata foi de fato escrito por volta de 1920 (embora alguns dizem que já em 1906) e, certamente, com direitos autorais em 1927, pelo advogado Max Ehrmann (1872-1945), com base em Terre Haute, Indiana.

O mito Desiderata começou depois que o Reverendo Frederick Kates reproduziu o poema Desiderata em uma coleção de obras de inspiração para a sua congregação em 1959 em papel da igreja, dirigiu: “Igreja The Old St Paul, Baltimore, AD 1692” (o ano a igreja foi fundada).

Cópias da página Desiderata circularam entre amigos, e do mito cresceu, acelerou particularmente quando uma cópia do Desiderata erroneamente atribuída foi encontrado no leito do falecido Democrática político Aidlai Stevenson, em 1965.

Seja qual for a história da Desiderata, a prosa do Ehrmann é inspirador, e oferece um simples credo positivo para a vida.

Desiderata – por Max Ehrmann

Vá placidamente por entre o barulho e a pressa, e lembre-se da paz que pode haver no silêncio.

Tanto quanto possível, sem capitular, esteja em bons termos com todas as pessoas. Fale a sua verdade mansa e claramente e ouça a dos outros, mesmo os estúpidos e ignorantes, pois eles também têm sua história. Evite pessoas barulhentas e agressivas, elas são tormentos para o espírito.

Se você se comparar com os outros, você se tornará presunçoso e magoado, pois haverá sempre maiores e alguém inferior a você. Desfrute suas conquistas assim como seus planos. Mantenha-se interessado em sua própria carreira, mesmo que humilde, pois ela é um ganho real na fortuna cambiante do tempo.

Exercite a cautela nos negócios, pois o mundo é cheio de artifícios. Mas não deixe que isso o torne cego à virtude que existe, muitas pessoas lutam por altos ideais e em toda parte a vida está cheia de heroísmo. Seja você mesmo. Principalmente, não finja afeição. Nem seja cínico sobre o amor, porque em face de toda aridez e desencanto, ele é perene como a grama.

Aceite gentilmente o conselho dos anos, dos mais velhos, renunciando com benevolência as coisas da juventude. Cultive a força do espírito para proteger-se num infortúnio inesperado. Mas não se desespere com perigos imaginários. Muitos temores nascem do cansaço e da solidão.

Além de uma disciplina rigorosa, seja gentil consigo mesmo. Você é filho do Universo, não menos que as árvores e as estrelas, você tem o direito de estar aqui. E se é ou não é claro para você, sem dúvida o Universo se desenrola como deveria.

Portanto, esteja em paz com Deus, o que você O conceba, e quaisquer que sejam seus trabalhos e aspirações, na barulhenta confusão da vida, mantenha a paz em sua alma.

Com todos os enganos, penas e sonhos desfeitos, é ainda um mundo maravilhoso.

Seja alegre. Esforce-se para ser feliz.

*Max Ehrmann nasceu em Terre Haute, Indiana, em 16 de setembro de 1872. Seus pais eram imigrantes alemães. Ehrmann graduado pela Universidade DePauw em Greencastle, em 1894, depois que ele estudou direito e filosofia na Universidade de Harvard.

Previous post

PETROLINA SEDIARÁ 1ª EDIÇÃO DA FEIRA DE TECNOLOGIA AUTOMOTIVA DO NORDESTE

Next post

BOM DIA

thiago

thiago

No Comment

Leave a reply