Política

EX-LÍDER DA KU KLUX KLAN ELOGIA BOLSONARO: “ELE SOA COMO NÓS”

Bolsonaro disse recusar apoio

 

Um dos nomes mais conhecidos do grupo racista norte-americano Ku Klux Klan (KKK), o historiador David Duke se pronunciou sobre o candidato brasileiro à Presidência Jair Bolsonaro (PSL), durante a apresentação de seu programa de rádio na 3ª feira (9.out.2018).“Ele soa como nós. E também é 1 candidato muito forte. É 1 nacionalista”, disse.

Duke também comentou a situação política no Brasil. “Ele se parece com qualquer homem branco nos EUA, em Portugal, na Espanha, Alemanha ou França. E ele está falando sobre o desastre demográfico que existe no Brasil e a enorme criminalidade que existe ali, como por exemplo nos bairros negros do Brasil”.

Duke frequentemente classifica Nelson Mandela, vencedor do prêmio Nobel da Paz, como “terrorista”.

O grupo Ku Klux Klan se tornou conhecido por defender a supremacia branca sobre os negros, e por reivindicar torturas e linchamentos que ocorreram com os negros nos EUA na 2ª metade do século 19.

Bolsonaro respondeu Duke. Disse que recusa apoio de grupos supremacistas. “Sugiro que, por coerência, apoiem o candidato de esquerda, que adora segregar a sociedade”, disse.

Jair Bolsonaro 1️⃣7️⃣

@jairbolsonaro

Recuso qualquer tipo de apoio vindo de grupos supremacistas. Sugiro que, por coerência, apoiem o candidato da esquerda, que adora segregar a sociedade. Explorar isso para influenciar uma eleição no Brasil é uma grande burrice! É desconhecer o povo brasileiro, que é miscigenado.

Duke –que desacredita na veracidade do Holocausto– fez ressalvas à proximidade de Bolsonaro com Israel, comparando essa “estratégia” à que Donald Trump teria adotado em sua visão.

Ele vai fazer coisas a favor de Israel, e acredito que ele esteja tentando adotar a mesma estratégi: acho que Trump sabe que o poder judaico está levando a América ao desastre, levando a Europa e o mundo ao desastre. Então, o que ele está tentando fazer é ser positivo em relação aos judeus nacionalistas em Israel como uma maneira de obter apoio“, disse o americano.

Previous post

PROJETO FACULDADE NA COMUNIDADE ACONTECERÁ NO HOSPITAL REGIONAL DE JUAZEIRO

Next post

IBOPE PESQUISOU QUAL PARTIDO O ELEITOR SIMPATIZA MAIS E O MAIS REJEITADO

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.