CidadesCultura

HINO OFICIAL DE FEIRA DE SANTANA-BA PODE TER SIDO FRUTO DE PLÁGIO DO HINO DA CIDADE DE FLORES/PE, DIZ VEREADOR DA CIDADE BAIANA

O hino da cidade de Feira de Santana, feito para homenagear a Princesa do Sertão e criado por Georgina Erisman, pode ter sofrido plágio. O vereador Roberto Tourinho (PV), informou em pronunciamento na Câmara que suspeita do assunto e está averiguando a situação.

O vereador conta que descobriu o fato através de um amigo que, pesquisando na internet sobre a cidade, descobriu que a cidade de Flores, fundada em 11 de setembro de 1858 em Pernambuco, possui um hino com estrofes praticamente iguais às do hino feirense. Em alguns trechos, mudou-se apenas uma palavra de um hino para outro.

O vereador Cadimiel Pereira sugeriu então que Tourinho fizesse um requerimento à cidade de Flores, a fim de averiguar quando o hino da cidade pernambucana foi criado, para ajudar na conclusão sobre quem plagiou quem.

Segundo o historiador professor e pesquisador Carlos Melo, o hino de Feira de Santana foi feito em 1928. Já o professor Oscar Damião, afirma que o hino da cidade foi feito em 1930. “Se for de 30 tem 88 anos, se for de 1928 tem 90 anos. Em uma pesquisa feita pelo nosso amigo Hiram Freire, ele identificou e está na internet que existe uma cidade de Pernambuco chamada Flores, que tem uma população de 22 mil habitantes, faz aniversário no dia 11 de setembro, foi fundada em 1858 e tem 160 anos. Feira tem 185 anos, ou seja, 25 anos a mais que a cidade de Flores”, afirmou o vereador.

Ele afirmou também que, na pesquisa, foi identificado que a primeira estrofe do hino de Feira é: “Salve ó terra formosa e bendita, paraíso com o nome de Feira. Toda cheia de graça infinita, és do norte a princesa altaneira”. Já a primeira estrofe do hino da cidade de Flores, diz: Salve ó terra formosa, tu és bendita. Nosso lar com nome de Flores. Toda cheia de graça infinita, do sertão és a fada de amores”.

Outro trecho suspeito de plágio, segundo o site Acorda Cidade, é a segunda estrofe. Em Feira, o hino diz: “Bem nascida entre verdes colinas, sob o encanto de um céu azulado. Ao estranho tu sempre dominas com poder do teu clima sagrado”. Em flores, o trecho é: “Bem nascida entre verdes colinas, sob o encanto de um céu azulado. Ao estranho tu sempre dominas, com o poder do teu riso sagrado”.

O vereador afirma também que irá fazer um requerimento na Câmara de vereadores, afirmando que na internet é possível ter acesso ao hino de Flores, no entanto, não é possível encontrar o ano em que foi escrito. “A cidade de Flores tem 160 anos, e nós temos 185 anos, porém não sabemos quem construiu primeiro. Vou visitar o instituto histórico e geográfico de Feira de Santana e vou levar o que nós identificamos. Estamos falando de um hino que tem 88 ou 90 anos, então vamos fazer um requerimento e esperar que o município de Flores responda, para que saibamos em que ano foi feito o hino da cidade de Flores, em Pernambuco”, afirmou.

Previous post

ASSINADO CONVÊNIO PARA IMPLANTAÇÃO DO SERVIÇO DE INSPEÇÃO MUNICIPAL EM 10 MUNICÍPIOS DA REGIÃO NORTE

Next post

DEPUTADO ROBERTO CARLOS PROMOVE AUDIÊNCIA ENTRE O SENADOR ELEITO ÂNGELO CORONEL PARA GARANTIR BENEFÍCIOS PARA BIRITINGA

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.