Economia

EQUIPE DO BOLSONARO PENSA EM FUSÃO DO BANCO DO BRASIL COM O BANK OF AMERICA

Plano é complexo e de difícil execução –

  • Entre as muitas ideias do economista Paulo Guedes para tornar a economia brasileira mais aberta e liberal está propor uma associação do maior banco brasileiro com o líder do setor bancário norte-americano.

O Banco do Brasil e o Bank of America poderiam se fundir ou fazer 1 acordo operacional para operarem juntos.

Guedes acredita que a fusão abriria a porta para o Bank of America atuar no Brasil e assim aumentar a competição no setor bancário, altamente concentrado. Ao mesmo tempo, o Banco do Brasil iria para os EUA e levaria seu expertise para lidar com o público latino.

O Brasil tem 1 problema crônico de falta de crédito. Guedes acredita que uma das razões principais seria o fato de os bancos públicos ficarem com uma imensa carteira e responsáveis por fornecer dinheiro mais barato para alguns setores da economia. Com a abertura do mercado e mais competição –como numa possível fusão do BB com o BofA– essa idiossincrasia do mercado bancário brasileiro começaria a ser matizada.

É claro que uma operação de fusão do BB com o BofA é muito complexa e incerta. Mas esse tipo de ideia indica como fervilham as propostas na equipe econômica de Bolsonaro.

Uma coisa é certa: o BB não vai passar incólume pelos 4 anos do governo de Jair Bolsonaro. O primeiro item a ser colocado à disposição da iniciativa privada deve ser a área de “asset management”.

MARCELO LABUTO: SEM CHANCE

Paulo Guedes não achou uma saída boa o governo de Michel Temer ter indicado Marcelo Augusto Dutra Labuto como presidente efetivo do Banco do Brasil, depois da saída de Paulo Caffarelli (que foi para a Cielo). Labuto não ficará na cadeira em 2019.

O atual ministro da Fazenda Eduardo Guardia explicou nesta semana a Paulo Guedes as razões para nomeação. Primero, porque Guardia considera Labuto 1 excelente quadro do BB. Segundo, porque se a opção fosse indicar 1 interino seria necessário colocar o diretor que está lá há mais tempo na instituição —critério de antiguidade— e isso seria muito ruim para o banco.

ALEXANDRE BETTAMIO

O presidente do Bank of America para a América Latina não aceitou o convite para comandar o Banco do Brasil, apesar de ter excelente relação com Guedes. A recusa se deu por uma razão pessoal. Bettamio deve ajudar em caso de prosperar a ideia da fusão do BofA com o BB.

__

Informações deste post foram publicadas antes pelo Drive, com exclusividade. A newsletter é produzida para assinantes pela equipe de jornalistas do Poder360. Conheça mais o Drive aqui e saiba como receber com antecedência todas as principais informações do poder e da política.

Previous post

MARCELO ODEBRECHT DIZ QUE OBRAS DO SÍTIO DE ATIBAIA FORAM PARA A 'PESSOA FÍSICA DO LULA'

Next post

BOA NOITE

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.