EducaçãoSaúde

5º SIMPÓSIO DE RESIDENCIAS MÉDICAS DO VALE DO SÃO FRANCISCO TERMINA NESTA TERÇA-FEIRA

O 5º Simpósio das Residências em Saúde do Vale do São Francisco (SIMPRES), com o tema “Formação em Defesa do SUS: Projetos Pedagógicos em Debate” tem nesta terça-feira, seu último dia no auditório da biblioteca do Campus Sede da Univasf, em Petrolina (PE).

A conferência de abertura abordou o tema “Formação em defesa do SUS: Projetos pedagógicos em debate” e será ministrada por Ricardo Ceccim, professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Além disso, haverá rodas de conversa, apresentação de Grupos de Trabalho (GTs) e Grupos de Trabalho de Pares, com residentes, preceptores e tutores dos programas, um espaço para uma devolutiva sobre os GTs.

Também será realizado o lançamento de dois livros escritos por preceptores, tutores e alunos do Programa de Educação Tutorial (PET-Saúde) da Univasf. O primeiro, intitulado: “Experiências de esvaziamento ensino-serviço-comunidade no sertão do São Francisco: contações do vivido e refletido”, faz um panorama sobre a construção do ensino em saúde na região desde o edital do Programa Nacional de Reorientação da Formação Profissional em Saúde (Pró-Saúde), do Ministério da Saúde, de 2007, até os dias atuais. Já o segundo, “Guia de preceptoria em saúde no SUS: Construindo conhecimento pela integração do ensino-serviço”, é resultado da participação de preceptores do PET-Saúde da Univasf em um curso de preceptoria em saúde ministrado pelo Hospital Sírio-Libanês.

O SIMPRES irá discutir como as residências em saúde podem atuar como instrumentos de fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) através de modos de qualificação e formação dos Programas e dos seus Projetos Político-Pedagógicos (PPP). O evento é voltado para residentes, professores, profissionais de saúde, gestores e graduandos da área de saúde.

De acordo com Bárbara Cabral, professora do Programa de Residências Multiprofissionais em Saúde da Univasf, o objetivo é potencializar o diálogo sobre os desafios e potencialidades das Residências em Saúde do Vale do São Francisco. “Acredito que o evento contribuirá para o fortalecimento dos Programas e, consequentemente, para a qualificação das redes de saúde, principalmente por meio da formação dos nossos residentes”, afirma.

Previous post

APÓS INAUGURAR ESCOLA SOCIAL, PREFEITURA ABRE NOVAS VAGAS PARA QUALIFICAÇÃO NA ÁREA DE GASTRONOMIA

Next post

POSSÍVEL IDA DE PASTORA DAMARES ALVES PARA O MINISTÉRIO DA CIDADANIA SERÁ UM RETROCESSO HISTÓRICO

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.