Administração

MEC EXONERA 10 PESSOAS APÓS EDITAL QUE LIBERAVA COMPRA DE LIVRO DIDÁTICO COM ERRO

O Ministério da Educação exonerou, nesta sexta (11), dez servidores que ocupavam cargos comissionados no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), incluindo o chefe de gabinete do órgão, Rogério Fernando Lot, que como presidente interino do Fundo, foi o responsável pela assinatura da recente retificação no edital que permitiria a aquisição de livros didáticos com erros de impressão e propagandas.

De acordo com uma nota enviada pelo Ministério da Educação ao G1, as exonerações compõem a “reorganização administrativa” que o MEC está promovendo “com a chegada da nova gestão” e que “não têm relação com o erro na publicação da retificação do PNLD 2020”

“As exonerações do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) ocorrem pela reorganização administrativa que o Ministério da Educação pretende fazer com a chegada da nova gestão, e não têm relação com o erro na publicação da retificação do PNLD 2020. Sobre o caso, foram adotadas providências internas para instauração da sindicância, que deve ter documento publicado em breve”, disse a nota do MEC.

Previous post

PREFEITURA CONVOCA APROVADOS EM SELEÇÃO PARA DIGITADORES E ENTREVISTADORES DO CADÚNICO DE PETROLINA

Next post

CORPO DE UM HOMEM É ENCONTRADO BOIANDO NAS MARGENS DO RIO SÃO FRANCISCO

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.