Agricultura

PATRÕES QUEREM RETIRAR 41 DOS 82 BENEFÍCIOS GANHOS DOS TRABALHADORES RURAIS DO VALE: exemplo da garantia de emprego para as gestantes, auxílio creche e abonos

A categoria reivindica o salário unificado em R$ 1.073,76, equipamentos de proteção individual, a exemplo de calças e camisas, com proteção UV, a garantia de emprego para as trabalhadoras gestantes, além da manutenção de todas as conquistas da Convenção Coletiva do Trabalho (CCT). 
Durante as negociações, a classe patronal propôs a exclusão de 41 das 82 cláusulas existentes na CCT 2018. Alguns pontos prejudicam diretamente as mulheres, a exemplo da garantia de emprego para as gestantes, auxílio creche e abonos. Também foi sugerida a exclusão da proibição do trabalho, após a ocorrência de chuvas, a garantia de emprego/salário pós-data base, a jornada semanal de trabalho, entre outros. 
“As propostas apresentadas pela classe patronal é um verdadeiro atentado contra os direitos da classe trabalhadora. Prejudica diretamente nós mulheres, e não podemos aceitar esses retrocessos”, afirmou a secretária de jovens do Sindicato de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais e Juazeiro (STRJ), Maria Samara de Souza.
“Precisamos nos manter unidos e fortes nessa luta, para a garantia dos direitos historicamente conquistados. Não tenho dúvidas de que os sindicatos, as federações e confederações permanecerão resistentes, na defesa dos trabalhadores e trabalhadoras rurais da nossa região”, pontuou o vereador Agnaldo Meira, a Voz dos Trabalhadores. 
As negociações da pauta coletiva de reivindicações dos/as trabalhadores/as rurais da hortifruticultura irrigada do Vale do São Francisco, retomam as discussões no dia 06 de fevereiro de 2019. 
Participaram do debate os sindicatos de trabalhadores/as Assalariados/as Rurais de Juazeiro, Petrolina, Abaré, Curaçá, Sento Sé, Sobradinho, Lagoa Grande, Belém do São Francisco, Casa Nova, além do SINTAGRO, FETAG-BA, FETAEPE, FETAPE, CONTAG, CONTAR e CTB. 

Previous post

bom dia

Next post

LIDERANÇA DENUNCIA ABANDONO DA FRENTE DE SANTANA DO SOBRADO: ISSO É UMA VERGONHA!

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.