Administração

Ministra da Agricultura Tereza Cristina participará de Workshop ‘Novas Variedades de Uva’ em Petrolina

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, confirmou presença no Workshop ‘Novas Variedades de Uva’, que será realizado em Petrolina (PE), nesta segunda-feira (15). O encontro, promovido pelo Sindicato dos Produtores Rurais, em parceria com a Codevasf, Valexport, grupo Labrunier e Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de Pernambuco (SECTI), começa às 18h, no auditório da Fundação Nilo Coelho.

Além da ministra, são esperados produtores, técnicos, empresários, autoridades e estudantes. Com entrada gratuita, o workshop apresentará os resultados de anos de pesquisa que viabilizou o surgimento de novas variedades de uvas, a exemplo da ‘Vitória’ brasileira e as Sweet Celebration, Timco, Sweet Sapphire, Sweet Globe, Sugar Crysp e Jack’s Salute. Atualmente, todas acessíveis aos fruticultores do Vale do São Francisco.

No evento, Tereza Cristina deve falar sobre as ações do MAPA para os próximos anos e as perspectivas do Brasil para os mercados interno e externo, em relação às exportações de frutas. Segundo o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Petrolina, Jailson Lira, será uma excelente oportunidade de diálogo e apresentação dos “anseios” da categoria.

“Esse projeto de aprimoramento e desenvolvimento de novas espécimes de uva surgiu da necessidade imperativa de nós, produtores, renovarmos o plantel de variedades de uvas de mesa no Vale do São Francisco, em substituição às antigas, sem sementes. Isso ocorreu para que continuássemos competitivos diante de um mercado global cada vez mais fechado. A presença da ministra vai servir, por tanto, para discutir como o governo poderá contribuir nessa questão”, ressaltou Lira.

Novas variedades

Iniciado em 2010, o projeto de criação de novas variedades de uvas de mesa foi liderado pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de Pernambuco (SECTI) e fazenda Brasiluvas Agricula, do grupo Labrunier.

No processo, realizaram testes em 115 novas variedades, numa área de 3,99 hectares, para verificar suas adaptações às condições da região; dessas, 25 variedades foram selecionadas para o plantio em escala comercial. Durante a iniciativa, os pesquisadores buscaram apresentar espécimes com tolerância à chuva, resistência às pragas, novos sabores e formatos exóticos.
CLAS Comunicação & Marketing

Previous post

Secretária de Educação de Sobradinho é eleita presidente da Diretoria do Polo Territorial do Sertão do São Francisco

Next post

Isaac Carvalho em relação à Marcos Palmeira: “Estarei com ele em 2020! ”

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.