CidadesSaúde

Secretaria de Saúde capacita agentes para o combate à doença de Chagas em Sobradinho

A Secretaria de Saúde de Sobradinho, através dos Núcleos de Endemias, da Vigilância Epidemiológica e Atenção Básica, iniciou segunda-feira (15), uma capacitação para o combate à doença de chagas. O treinamento, em parceria com o Ministério da Saúde, é dirigido aos agentes comunitários de saúde e de endemias, e será concluído na quarta-feira (17).

No primeiro dia, o conteúdo teórico foi ministrado pelo técnico Augustinho José Ferreira, coordenador do Programa de Chagas, do Núcleo Regional de Saúde de Juazeiro (NRS – Norte). Já no segundo e terceiro dias, as ações serão voltadas para o trabalho de campo.

Segundo dados do Ministério da Saúde as formas mais comuns de contagio da doença de Chagas, é através do contato com fezes ou pela picada do barbeiro, assim como por meio da ingestão de alimentos contaminados.

Uma das formas de prevenção é evitar que o inseto forme colônias dentro das residências.“Caso haja a suspeita de contaminação pela doença, o cidadão deve procurar, o mais rápido possível, o Centro de Saúde, para fazer o diagnostico através do exame parasitológico. Sobradinho oferece, gratuitamente,o tratamento farmacológico,” orientou a enfermeira e coordenadora do Núcleo de Epidemiologia, Clarissa Gracia.

O coordenador do Núcleo Municipal de Endemias, Sóstenes Pereira, também repassou outras orientações importantes sobre prevenção da doença.

“A doença de Chagas, popularmente conhecida como a doença do barbeiro, é uma infecção causada por um protozoário encontrado nas fezes do inseto. Se por acaso o morador encontrar o barbeiro em sua residência, aconselhamos que, de forma cautelosa, capture o barbeiro com o auxilio de uma caixa de fósforo ou um saco plástico, e se possível o traga vivo até o Núcleo de Endemias, localizado no prédio do Centro de Saúde, para a realização de exames indicativos de contaminação.Caso o morador não tenha segurança para fazer este procedimento, deve informar ao nosso Núcleo de Endemias, que enviaremos uma equipe para averiguar a situação,” finalizou Sostenes Pereira.

Ascom PMS

Previous post

Inscrições abertas para o III Seminário 'O Trabalho no Vale do São Francisco', promovido pela Univasf

Next post

Miguel Coelho se reúne com ministro da Saúde e recebe sinalização para novos investimentos em Petrolina

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.