Política

“Eu não vou morrer antes de provar que Moro é mentiroso”, afirma o ex-presidente Lula

Preso em Curitiba há 1 ano e 1 mês, o ex-presidente Lula afirmou que está empenhado em “mostrar a verdade” sobre o ex-juiz federal, que o condenou a 9 anos e meio de prisão no caso do triplex. Em entrevista a Kennedy Alencar, Lula afirmou que Moro tinha pacto com a imprensa por, segundo Lula, ter visitado todas as redações dos jornais e emissoras:

“O Moro não precisava ser juiz. Se ele fosse repórter, já valia a condenação, porque a imprensa recebia as acusações antes dos advogados”, afirmou Lula. O ex-presidente voltou a questionar as provas que sustentaram sua condenação:

“Eu duvido que você encontre na sentença do Moro uma afirmação de que tem dinheiro da Petrobras. Eu duvido que você encontre uma afirmação de que o apartamento é meu”.

“Por que você acha que eu fico bravo? É porque eu não vou morrer antes de provar que o Moro é mentiroso, não vou morrer antes de provar que o Dallagnol é mentiroso, não vou morrer antes de provar que o inquérito contra mim é mentiroso, que a juíza que deu a sentença mentiu a meu respeito, que o TRF-4 mentiu a meu respeito”, garantiu Lula.

Previous post

Bolsonaro não pediu para ler Enem 2019, ressalta presidente do Inep

Next post

Pagamento do Bolsa Família 2019 pode parar em setembro

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.