Política

Em passagem por Recife, Bolsonaro não garante nomeação de reitor mais votado da UFPE

Diario de Pernambuco

Em visita ao Recife na manhã desta sexta-feira (24), o presidente da República, Jair Bolsonaro, não garantiu que vai nomear o reitor que vencer as eleições deste ano da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). A mais importante instituição de ensino superior do estado está entre as onze do país cujos reitores serão nomeados pelo atual governo em 2019. 

De acordo com Bolsonaro, serão analisadas “a vida pregressa, os cursos, a formação das pessoas para escolher”. No pleito de 2019, concorrem à Reitoria da UFPE cinco chapas. “Chegando a lista tríplice, vamos usar os mesmos critérios para nomear o reitor ou reitora”, afirmou o presidente. 

No fim do ano passado, o Ministério da Educação (MEC) publicou uma Nota Técnica definindo as novas regras que devem nortear o processo de escolha de reitores pelas instituições federais de ensino superior. Agora, é exigido um mínimo de 70% de participação docente e de 15% de estudantes e servidores técnicos administrativos, com proibição de segundo turno. O mais votado não tem a garantia de ser o indicado pelo presidente, como acontecia no período de 2002 ao início de 2016.

Em janeiro deste ano, reitores das universidades públicas federais divulgaram uma nota oficial em que pediam ao governo a escolha como dirigentes das instituições de ensino superior aqueles indicados em primeira posição pelo colegiado eleitoral nas listas tríplices elaboradas pelas instituições. Até 2023, as universidades federais vão passar por mudanças de reitores.

“É essencial afirmar publicamente a importância de serem conduzidos ao cargo de reitor ou reitora aqueles docentes autonomamente indicados no primeiro lugar pelo colégio eleitoral de suas respectivas universidades, sendo garantido assim um elemento definidor da democracia, que é o respeito à vontade da maioria”, pontuou, na nota, a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).

Por lei, o reitor e o vice-reitor de universidades federais são nomeados pelo presidente da República, escolhidos dentre os indicados em listas tríplices elaboradas pelo colegiado máximo da instituição, ou por outro colegiado que o englobe, instituído especificamente com esse objetivo.

Chapas inscritas e homologadas para a eleição da UFPE:
Alfredo Macedo Gomes (candidato a reitor) e Moacyr Cunha de Araújo Filho (candidato a vice-reitor) – nº 55

PUBLICIDADE

Alfredo Macedo Gomes é graduado em Psicologia (1990) e mestre em Sociologia pela UFPE (1995). O docente possui doutorado em Educação (PhD) pela University of Bristol (2000), no Reino Unido, e realizou estágio pós-doutoral junto ao Centre for Globalization, Societies and Education, também pela University of Bristol (2010-2011). É diretor do Centro de Educação (CE)
Moacyr Cunha de Araújo Filho é formado em Engenharia Civil pela UFPE (1985), com mestrado em Hidráulica e Saneamento pela USP (1991) e doutorado (1996) em Physique et Chimie de l´Environnement pelo Institut National Polytechnique de Toulouse, na França. É professor do Departamento de Oceanografia.
Daniel Álvares Rodrigues (candidato a reitor) e Roberta Ramos Marques (candidata a vice-reitora) – nº 54
Daniel Álvares Rodrigues é graduado em Direito pela Unicap (1988), possui mestrado em Educação pela UFPE (1996) e doutorado em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (2007). Foi diretor do Centro de Educação da UFPE, no período de 2012 a 2016 e coordena o grupo de pesquisa GepMarx (antigo Gema).
Roberta Ramos Marques possui graduação em Letras pela UFPE (1996), mestrado (2000) e doutorado (2008) em Teoria da Literatura pelo Programa de Pós-Graduação em Letras da UFPE. A docente participa da coordenação e das pesquisas do Acervo Recordança, desde 2003.
Edilson Fernandes de Souza (candidato a reitor) e Sandro Cozza Sayão (candidato a vice-reitor) – nº 50 
Edilson Fernandes de Souza é graduado em Educação Física pela Universidade Castelo Branco (1991), possui mestrado em Educação Física e Cultura pela Universidade Gama Filho (1995), doutorado em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (1998) e pós-doutorado em Sociologia pela Universidade do Porto, em Portugal. Foi pró-reitor de Extensão.
Sandro Cozza Sayão é formado em Ciências pela Universidade Federal do Rio Grande (Furg) (1996), tem mestrado em Educação Ambiental pela FURG (1999) e em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) (2001) e doutorado em Filosofia pela PUC-RS (2006).
Florisbela de Arruda Câmara e Siqueira Campos (candidata a reitora) e André Luís de Medeiros Santos (candidato a vice-reitor) – nº 53
Florisbela de Arruda Câmara e Siqueira Campos é graduada em Nutrição pela UFPE (1978) e possui mestrado (1983) e doutorado (1999) em Nutrição (1983), ambos pela UFPE. Foi diretora do Centro Acadêmico de Vitória (CAV) da UFPE, de 2006 a 2015. Ela é atualmente vice-reitora da Universidade.
André Luís de Medeiros Santos é formado em Ciência da Computação pela UFPE (1989), possui mestrado em Ciência da Computação pela UFPE (1991) e doutorado em Computing Science pela University of Glasgow (1995), na Escócia. É diretor do Centro de Informática (CIn).
Jeronymo José Libonati (candidato a reitor) e José Luiz de Lima Filho (candidato a vice-reitor) – nº 59
Jeronymo José Libonati é graduado em Ciências Econômicas (1986) e em Ciências Contábeis (1991), ambos pela Faculdade de Ciências Humanas Esuda. Possui mestrado (1996) e doutorado (2002), ambos em Controladoria e Contabilidade, pela USP. É diretor do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA).
José Luiz de Lima Filho é formado em Medicina pela UFPE (1983), possui doutorado em Bioquímica e Microbiologia, pela University of St Andrews (1987), na Escócia. É professor do Departamento de Bioquímica e Biofísica e diretor do Laboratório de Imunopatologia Keizo Asami (Lika) da UFPE.

Previous post

Petrobras reduz preço da gasolina na refinaria em 4,4%

Next post

Cidades brasileiras registram atos em apoio ao governo Bolsonaro

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.