Política

Moro pede ao Senado para explicar Vaza Jato e Alcolumbre marca audiência

PODER360

O ministro Sergio Moro (Justiça) enviou pedido ao Senado para que possa ir a uma comissão da Casa explicar o episódio dos vazamentos de conversas. A audiência deve ser marcada para a 3ª feira seguinte (18.jun.2019).

“O ministro Moro enviou a carta e vamos atendê-lo. Só preciso conciliar com os demais pedidos que senadores já apresentaram”, disse o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Receba a newsletter do Poder360
todos os dias no seu e-mail

A atitude do ministro visa a debelar o clima ruim que se estabeleceu depois que foi publicado o conteúdo de diversas conversas suas com o procurador da República Deltan Dallagnol, responsável pela Lava Jato em Curitiba (PR).

Na Câmara estão sendo coletadas assinaturas para criar uma CPI da Vaza Jato e investigar possíveis irregularidades cometidas por Moro e por Dallagnol no curso das apurações da Lava Jato. O ministro negou ter cometido algo irregular e Dallagnol também sustentou que todas as conversas se deram dentro da legalidade.

JOICE FALA EM APRESENTAÇÃO ESPONTÂNEA PARA NÃO ATRAPALHAR PREVIDÊNCIA

Pouco antes da declaração de Alcolumbre, a líder do Governo no Congresso Nacional, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) havia manifestado o desejo do ministro de apresentar-se espontaneamente para prestar esclarecimentos sobre as conversas vazadas.

“Se há qualquer dúvida em relação a qualquer questão envolvendo o ministro Sergio Moro, ele vem até o Parlamento e conversa com os parlamentares, não tem problema nenhum”, afirmou Hasselmann ao deixar a Comissão Mista do Orçamento do Congresso, onde foi aprovado o projeto de lei que libera R$ 248,9 bilhões para o governo.

A intenção, segundo a deputada, é não deixar que a revelação das conversas atrapalhe a tramitação da reforma da Previdência, pauta considerada prioritária pelo governo e que deve ter o relatório apresentado na Comissão Especial nesta 5ª (13.jun.2019).

Autores

Previous post

Petrobras reduz preço da gasolina em 3%, valendo a partir de hoje (12)

Next post

PSL não vai entrar na defesa de Moro, diz Luciano Bivar; 'Ele não é filiado ao partido'

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.