Saúde

Estudo identifica 2 casos de reversão da microcefalia em bebês de mães com zika

A partir de um estudo de caso, pesquisadores identificaram a possibilidade de, em alguns casos, crianças com microcefalia filhas de mulheres grávidas que foram expostas e pegaram o vírus da zika retomarem um desenvolvimento neurológico normal.

O grupo de cientistas responsável pela pesquisa é formado por integrantes da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e a Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos. Eles constataram dois casos de crianças com microcefalia que recuperaram seu desenvolvimento. O resultado do estudo foi publicado na revista especializada “Nature Medicine” nesta semana. 

De acordo com reportagem do G1, os pesquisadores acompanharam 244 mulheres grávidas, independente da etapa da gestação, a partir do momento em que apresentaram sintomas parecidos com os da zika, a exemplo como febre e erupções na pele, nos laboratórios da Fiocruz no Rio de Janeiro, entre 2015 e 2016. O período analisado foi da época em que a zika foi uma epidemia na cidade.

Com a confirmação da presença do vírus da zika em 216 mulheres, os cientistas passaram a acompanhar o desenvolvimento neurológico dos bebês. O monitoramento se deu através de  diferentes técnicas, como as da chamada “Escala Bayley”, que acompanha comportamentos cognitivos, linguísticos, motores, social-emocional e adaptativo de cada criança. Elas foram estudadas enquanto tinham de 7 a 32 meses de idade.

Do total de mães acompanhadas, oito tiveram bebês com microcefalia (3,7% do total estudado). A matéria do G1 ainda aponta que desses casos, dois foram revertidos.

Um dos bebês desenvolveu a circunferência normal da cabeça conforme crescia, e o outro voltou a formar essa circunferência após uma cirurgia no crânio. Em ambos os casos, o desenvolvimento neurológico das crianças foi normalizado – e confirmado aos dois anos de idade.

Previous post

Deputado Roberto Carlos recebe Moção de Aplauso, depois de garantir sinal de telefonia móvel para Riachão do Jacuípe

Next post

This is the most recent story.

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.