Educação

Univasf lança nova Marca e Manual de Identidade Visual

Prestes a completar 15 anos de atividades acadêmicas, no próximo dia 18 de outubro, a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) lança a nova marca oficial que irá identificar a instituição a partir de agora. Criada a partir do redesenho da marca anterior, a nova preserva o conceito dos elementos que associam a instituição ao Vale do São Francisco, mantendo as referências ao sol e ao rio. A Univasf lança também o Manual de Identidade Visual, que estabelece a normatização do uso da marca, com seus padrões e parâmetros de utilização.

marca e o Manual de Identidade Visual foram aprovados pelo Conselho Universitário (Conuni) na reunião ordinária realizada em 27 de setembro de 2019. O processo de registro da marca junto ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) já foi iniciado pelo Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PRPPGI) da Univasf. A definição e a formalização da marca constam como um dos objetivos do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI 2016-2015), sob o tema estratégico: Gestão Universitária – Ascom.

A criação da marca oficial da Univasf foi desenvolvida pela Comissão de Estudo e Elaboração da Marca da Univasf e do Manual de Identidade Visual, formada por cinco servidores e uma estudante de Artes Visuais. O processo de redesenho da nova marca envolveu a separação das letras e a padronização da altura de cada uma delas, visando conferir mais legibilidade e leiturabilidade e manter a memória simbólica e afetiva estabelecida pela marca original e sua utilização ao longo do tempo.

Além de melhorar legibilidade e leiturabilidade, a nova marca oficial também se tornou mais acessível às pessoas cegas. “Hoje, a Univasf tem uma marca que possibilita que as pessoas cegas consigam percebê-la com o tato, quando produzida em relevo”, salienta o revisor de textos em braile Milton Carvalho, servidor cego que participou da comissão de elaboração da marca. O próprio processo de discussão da nova marca foi desafiador e inovador devido à preocupação também com a acessibilidade à identidade visual da instituição para as pessoas com deficiência visual.

A professora do Colegiado de Artes Visuais, Inês Regina Barbosa de Argôlo, integrante da comissão, destaca que a nova marca oficial se adapta aos tempos atuais, que exigem cada vez mais profissionalismo no design das marcas. “Com o avanço das pesquisas produzidas no seio da Universidade e suas consequentes contribuições para a sociedade, a instituição resolveu adaptar sua marca aos novos tempos realizando um estudo de ajuste de marca. Com a proximidade dos 15 anos, julgou como oportuno o momento de apresentar essa nova marca para a comunidade”, ressalta. Inês explica que a marca é um logotipo, por se tratar de uma marca representada por letras, e também pode ser chamada de logo.

O assessor de Infraestrutura da Univasf, professor Sérgio Motta, que também integra a comissão, enfatiza que o processo de elaboração da nova marca foi cuidadoso, de maneira a se manter a memória afetiva associada à marca originária, desenvolvido por um coletivo da própria comunidade acadêmica e segundo aspectos essencialmente técnicos. “O redesenho da marca da Univasf pode ser entendido como um necessário processo de atualização de sua identidade na direção de uma maior acessibilidade visual, coincidindo com a vocação natural de nossa instituição de se atualizar continuadamente e tornar-se cada vez mais inclusiva”, diz Motta.

A nova marca oficial da Univasf já pode ser visualizada, a partir de hoje (8), na capa do portal institucional, em alguns sites que o compõem e nas redes sociais oficiais. A atualização, com a troca da marca anterior pela nova, será realizada gradualmente ao longo dos próximos dias. O pacote para download da marca e o Manual de Identidade Visual estão disponíveis no menu do cabeçalho na capa do portal e na página da Comunicação.

Renata Freitas Ascom/Univasf

Previous post

P1 Rappers se apresentará em festival de música no Centro de Cultura João Gilberto, em Juazeiro

Next post

Na Semana da Criança prefeitura leva festival esportivo e lazer para o Jardim São Paulo

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.