Política

Bolsonaro faz apelo contra greve dos caminhoneiros e estuda reduzir impostos

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta 4ª feira (27.jan.2021) que tratou com o ministro Paulo Guedes (Economia) sobre a redução do PIS/Cofins que incide sobre o óleo diesel. A medida, se efetivada, é vista como um aceno a caminhoneiros que ameaçam fazer greve e reclamam do aumento no preço do combustível. O chefe do Executivo, no entanto, não definiu um prazo para que haja resposta definitiva.

“Não interfiro na Petrobras, quero deixar bem claro. Ela continua com sua política de preço. Atualmente, R$ 0,33 do litro do diesel vai para PIS/Cofins. Isso que estamos buscando diminuir. Mas, a cada R$ 0,01, são R$ 800 milhões que temos que arranjar em outro lugar. Não dá para dizer [quando será decidido]”, disse a jornalistas no Ministério da Economia. A intenção de reduzir a cobrança de impostos para evitar que o reajuste chegue aos caminhoneiros foi antecipada nessa 3ª feira (26.jan) pelo Poder360.

Bolsonaro fez um apelo para que os caminhoneiros não façam greve. Assista (6min38s):

 

 

 

“Reconhecemos o valor dos caminhoneiros para a economia do Brasil. Apelamos para eles que não façam greve, todos vamos perder, sem exceção”, declarou. Completou dizendo que “a solução não é fácil” e que o governo está “buscando uma maneira de não ter mais esse reajuste”.

Bolsonaro afirmou que está “pronto para zerar” os encargos federais. “A gente vai para o sacrifício”, disse. “Mas gostaria que o ICMS acompanhasse também essa diminuição”, emendou.

A alta do diesel foi o que desencadeou a paralisação de caminhoneiros em 2018, ainda no governo de Michel Temer (MDB). A greve durou 10 dias. Interrompeu o fornecimento de combustíveis, a distribuição de alimentos e insumos médicos. Houve prejuízos na casa de R$ 15 bilhões em diversos setores econômicos.

Por causa da pandemia, o preço do óleo diesel no varejo teve queda de 3,30% em 2020, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Para 2021, os preços dos combustíveis no Brasil sofrem pressão para cima, com expectativa de recuperação da cotação internacional do petróleo.

Previous post

Gestão Suzana Ramos começa dar uma nova cara ao trânsito de Juazeiro

Next post

Prefeitura realiza reposição de lâmpadas em diversos bairros de Juazeiro

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.