Cidades

Câmara de Salgueiro recebe impeachment contra Clebel

Por Houldine Nascimento – 

A Câmara de Vereadores de Salgueiro acolheu, hoje, em sessão plenária, um pedido de impeachment contra o prefeito Clebel Cordeiro (PL), que é postulante à reeleição. Os autores da solicitação são Paulo Afonso Valença Sampaio e Hugo Leonardo Cidreira Cardoso (ambos do Patriota), candidatos a prefeito e vice, respectivamente.

Na denúncia, a dupla, que integra a coligação “Leões por Salgueiro”, acusa Clebel de praticar crime de responsabilidade “pelo furto de água da transposição do Rio São Francisco, evasão de terra e desmatamento”. A mesa da Casa, sob a presidência do vereador George Arraes (Cidadania), pôs o requerimento para votação.

O presidente da Câmara fez a leitura do pedido e, logo em seguida, ocorreu a votação nominal, que terminou empatada em 7 a 7. Coube ao próprio George o voto de minerva, aceitando o pedido de impeachment.

Conforme rito legislativo, houve um sorteio para a escolha dos nomes que integrariam a Comissão de Impeachment e os vereadores selecionados foram Erivaldo Pereira (PSB) para a Presidência, Zé Carlos (PSB) para a Relatoria e Augusto Matias (DEM) como membro, mas ele renunciou e Antônio Pires (Pros), que era o próximo na linha de sucessão, assumiu a vaga.

Prefeito Clebel acusa opositores de promoverem manobra

O prefeito de Salgueiro, Clebel Cordeiro, protestou contra a decisão da Câmara de Vereadores. Segundo o gestor, os parlamentares retiraram da pauta de hoje o projeto de iluminação das BR-232 e da BR-116. “Numa manobra, o presidente da Câmara, George Arraes, e os parlamentares da oposição acolheram um requerimento solicitado pelo candidato a prefeito Paulo Afonso e Hugo Leonardo, colocando em votação e aprovando a solicitação de afastamento”, declara.

O gestor afirma que esse projeto retirado de pauta “aguardava quase um mês para ser votado” e prossegue com as acusações. “A armação foi para prejudicar um prefeito que tem a aprovação da população e vem fazendo obras e serviços na cidade. O que a oposição não esclareceu na sessão (sobre o furto de água alegado) é que tudo já foi explicado à Justiça”, defende-se. Clebel diz ainda que recebeu de volta o valor da fiança, após decisão do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, “que declarou ilegal e abusiva a prisão ocorrida em dezembro de 2019”.

“O Projeto de Lei nº 019/2020, da iluminação nas BRs 232 e 116, vai garantir mais segurança nos 8 km da rodovia federal, com instalação de 224 postes com luminárias de led. Ele chegou na Câmara no último dia 17 de setembro, mas ainda não foi apreciado pelos parlamentares. Também existem outros PLs que estão aguardando entrar em pauta para votação, como é o caso do projeto de calçamento das ruas, engavetado há mais um mês. A população acaba sendo a maior prejudicada, já que não existe prioridade para votar os projetos que vão beneficiar os moradores da cidade e dos distritos”, conclui.

Blogdomagno

Previous post

Juiz alega engano, e Lula volta a ser doutor honoris causa em universidade de Alagoas

Next post

DIA DA MULHER TRABALHADORA RURAL: A NOSSA LUTA É PELA VIDA!

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.