Artigo

EM BUSCA DE UM CORPO DEFINIDO

 

 Antonio Damião Oliveira da silva

 

Com o alto índice de proliferação de doenças, parece que as pessoas andam mais preocupadas com a saúde. Há uma infinidade de informações alertando às pessoas com os cuidados que devem ter com o seu corpo. Alimentação equilibrada, praticar exercícios físicos ou fazer uma simples caminhada, é uma alternativa eficaz para evitar o sedentarismo e a entrada de algumas enfermidades, mas também estas vêm com muita facilidade quando não se dá a devida importância ao assunto, que é fundamental para ter plena qualidade de vida. Já é consenso entre os especialistas, que uma alimentação  correta  e a prática de alguma atividade física, é a receita ideal para quem quer prolongar seus anos de existência. Este tema está tão em voga, que a Rede Globo colocou no ar um programa com o objetivo de orientar a todos como viver de forma mais saudável. Ter saúde é melhor que milhões, e ai concordo em número, grau e gênero com as afirmações do Dalai Lama: “ Os homens perdem a saúde para ajuntar dinheiro, depois perdem dinheiro para recuperar a saúde, vivem como se nunca fossem morrer, e morrem como se nunca tivessem vivido”.

 

Quem não que ter um corpo saudável, atlético e definido? E quem também não quer eliminar o tecido gorduroso e exibir uma forma física invejável e atraente? Foi-se o tempo em que estes adjetivos faziam parte do universo dos homens, hoje, as coisas mudaram, estes mesmos adjetivos fazem parte do universo das mulheres. Aliás, elas estão dominando todos os espaços, outrora eram excluídas, não tinham o direito de votar, não exerciam sua cidadania. Mas veja só que ironia, hoje não só votam, podem ser candidatas e disputar qualquer pleito e de quebra decidir as eleições presidenciais, pois são maioria em relação aos homens, segundo estatísticas recentes. Foi um período de retrocesso, é uma pagina negra da história, que precisa passar uma borracha e reescrever novamente, longe de total discriminação e injustiças de qualquer natureza, e no contexto social, elas são por demais importantes. Dignamente, estão conquistando oportunidades e mostrando que tem talento para atuarem em igualdade de condições com os homens, são competitivas, tem profissionalismo e capacitadas em qualquer conjuntura de responsabilidade. Quer seja no futebol, quer seja na política, quer seja na engenharia, quer seja na música, quer seja na moda, quer seja na beleza, quer seja na administração… São demais!

 

 

 

É  crescente o número de academias na região. É possível encontra-la uma, duas em cada esquina ou bairros da cidade. Neste aspecto há opções para quem quiser, e diga de se passagem, houve um despertamento em  massa das mulheres em busca das academias, em número igual ou superior aos homens. Fazer parte de uma academia e melhorar a  estética do corpo não há inconveniência quanto a isso. O problema é fazer mal uso de produtos clandestinos conhecidos popularmente como bombinhas, com o objetivo de aumentar o volume dos músculos e a força física, acelerando assim o desenvolvimento muscular em curto prazo. É o que está acontecendo na região. Jovens, na ansiedade de exibir um corpo musculoso estão injetando no seu organismo substâncias indevidas sem nenhuma orientação, e a conseqüência disso é deformação desproporcional dos músculos e atrofiamento do tecido muscular com aparência nada agradável. Os casos mais graves é a amputação do membro, por que as substâncias injetadas no corpo comprometeram os nervos, há exemplos de casos comprovados, para infelicidade da pessoa e grande tristeza e dor para as famílias.

 

 

É preciso que os pais policiem mais seus filhos no sentido de observar qualquer atitude suspeita no seu comportamento, evitando transtornos que muitas vezes são irreversíveis, como é o que estamos considerando agora. Muitos desses jovens são desinformados dos sérios riscos desses anabolizantes, e se inspiram nos astros e lutadores da telinha, e não sabem discernir a ficção da realidade, querem ser semelhante a eles, não importa o preço, se é que pensam assim. Pouco importa os efeitos colaterais: Acne, impotência sexual, calvície, hipertensão arterial, esterilidade, insônia, aumento do colesterol maléfico, problemas cardíacos, distúrbios testiculares e outras complicações prejudiciais ao funcionamento do corpo. É importante que as academias sejam inspecionadas pra saber se as mesmas funcionam de acordo com os padrões exigidos e se o profissional que ali trabalha tem habilitação para atuar na área. A maior preocupação é mais com o jovem adolescente, pois sua mentalidade está em fase de maturação, sonham muito e raciocina pouco, e é mui raro atentarem para esses cuidados. Com algumas exceções, nossos jovens são aventureiros, não conseguem enxergar a dimensão das coisas e nem medir a conseqüência dos seus atos em comparação a de um adulto. Muitas vezes estão freqüentando uma academia que funciona irregularmente e não sabem,  o que querem é tão somente aumentarem a sua musculatura. Outro fator que inspira medo é que alguns conseguem resultados visivelmente rápidos, já outros, não é tão fácil assim, e as impaciências os levam as medidas que são extremamente danosas a saúde comprometendo o desenvolvimento do corpo e trazendo transtornos irreversíveis a si mesmo. É necessária uma política de conscientização nas escolas, nos meios de comunicação, e nos diversos meios de divulgação afim de que possamos coibir esta prática perniciosa e possamos salvaguradar nossos filhos e nossos jovens, mostrando a eles que podem alcançar resultados satisfatórios sem precisar usar tais artifícios.


 

Previous post

Juazeiro homenageia 80 anos de João Gilberto

Next post

Últimos ingressos para o Fé em Festa 2011

No Comment

Leave a reply