Administração

Em meio à ameaça de greve, governo concede R$ 40 milhões em premiações a policiais

O governo da Bahia anunciou que cerca de 40 milhões de reais serão pagos para policiais militares, civis e técnicos que conseguiram reduzir em pelo menos 6% os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), na Bahia, no primeiro semestre de 2019, numa comparação com o mesmo período do ano passado.

A medida, que faz parte do Prêmio por Desempenho Policial (PDP), ocorre após surgir a possibilidade de greve por parte dos policiais militares. Na manhã desta quarta-feira (11) ocorre uma assembleia da PM para discutir as reivindicações da categoria.

No total serão 25,3 mil servidores contemplados, entre eles 19.590 militares, 4.355 civis, 841 técnicos e 563 que atuam em superintendências da SSP. Criado em 2013, o PDP já pagou 172 milhões de reais a 132,5 mil servidores.

“Buscamos sempre valorizar o nosso servidor com novos equipamentos, ampliação das equipes através de concursos, modernização do trabalho com incremento de novas tecnologias, entre outras medidas. O PDP é mais uma ferramenta que reconhece o esforço de todos”, comentou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

Previous post

Globo demite funcionário que chamou de 'imbecil' menino que desfilou com Bolsonaro

Next post

Grau Técnico Petrolina realizará sua II Feira de Oportunidades nesta quinta-feira (12)

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.