Administração

Engenharia de Produção realiza evento comemorativo pelos 15 anos do curso

Em outubro de 2004 aconteciam as primeiras aulas do curso de Engenharia de Produção da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). De lá para cá, 15 anos se passaram e, para celebrar o aniversário de início das atividades acadêmicas do curso, ofertado no Campus Juazeiro (BA), o Colegiado de Engenharia de Produção (CPROD) promoverá uma manhã de comemoração no Complexo Multieventos da Univasf. O evento será realizado neste sábado (9), a partir das 9h.

A programação terá um momento de ação de graças, homenagens, aula da saudade e confraternização. Serão homenageados em sessão solene empresas e personalidades consideradas “amigas” da Engenharia de Produção da Univasf, além de professores e estudantes pioneiros em diferentes âmbitos da história do curso. A aula da saudade será um momento para relembrar situações do dia a dia dos alunos e docentes, enquanto a confraternização contará com música ao vivo, lanches e um bolo de aniversário.

Durante os 15 anos de existência, a graduação da Univasf formou 364 engenheiros de produção, aptos a trabalhar em diversas áreas, realizando funções voltadas ao aperfeiçoamento do uso de recursos produtivos, diminuição de custos de produção de bens e serviços e, também, gestão organizacional. O curso conta atualmente com 21 docentes efetivos.

O professor decano da graduação, Antônio Crisóstomo, relembra as dificuldades enfrentadas no início da implantação do curso na região, como a falta de reconhecimento na sociedade. Para o docente, diante da trajetória percorrida pela graduação e seus avanços, há muito que se comemorar. “Hoje o curso nos orgulha muito. Nossos alunos estão trabalhando em grandes empresas, grandes indústrias”, afirma.

Para o professor Paulo Pereira, que integra a organização do evento comemorativo, este é um momento de grande importância, não só para o Colegiado, mas também para a Univasf. “Marca um fato histórico do crescimento, da busca constante do aumento da qualidade do nosso curso. Os egressos do curso atuam em diversas áreas do mercado de trabalho, o que mostra que estamos formando com qualidade já que nossos discentes estão atuando em todas as áreas da Engenharia de Produção, não só na nossa região, mas também no restante do país e até fora do país”, destaca Pereira.

Previous post

"Lula livre" repercute na imprensa mundial

Next post

Justiça do Paraná determina soltura do ex-ministro José Dirceu

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.