Cidades

Ex-prefeito de Remanso, Zé Filho é multado em R$ 200 mil e está inelegível para os próximos 08 anos

Por sete votos a seis a Câmara de Vereadores de Remanso manteve na sessão ordinária da noite de terça-feira (06/04), o parecer do TCM – Tribunal de Contas dos Municípios que opinou pela rejeição das contas do ex-prefeito Zé Filho (José Clementino de Carvalho Filho – PSD).

O parecer do TCM mostra irregularidades de os matizes: começando pelo não cumprimento de obrigações nas datas até a elaboração de uma folha inteira de servidores da educação, falsa. Multa Zé Filho em valores que chegam a 200 mil reais e determina a devolução de recursos, comprovadamente desviados, no montante de 3 milhões de reais.

Cabe aos vereadores referendar o parecer técnico do TCM ou discordar, sendo necessário dois terços dos votos, nove votos, para que o parecer seja derrubado, que não foi alcançado.

Ao ex-prefeito foi oferecida a possibilidade de vir a plenário defender-se, o que ele recusou por escrito, dizendo que dispensava o defensor dativo e que não iria comparecer ao plenário, considerando que a defesa que apresentou ao TCM seria suficiente para os vereadores.

O resultado da votação, que será comunicado ao TCM e à Justiça Eleitoral, transforma o ex-prefeito Zé Filho em ficha suja, impedindo-o de participar de eleições nos próximos oito anos.

Previous post

FERIADÃO SEM EFICÁCIA NO COMBATE A COVID 19

Next post

AS NOVAS VARIANTES E OS 10% VACINADOS

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.