Administração

Municípios do Sertão do São Francisco recebem nova tecnologia para o combate às arboviroses

O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), tem atuado em soluções estratégicas para o enfrentamento da dengue, zika e chukungunya. Neste ano, os municípios pernambucanos passaram a utilizar uma tecnologia que proporciona mais agilidade ao trabalho de monitoramento e consolidação de dados referentes ao combate as arboviroses. A SES tem entregue aos agentes de endemias smartphones com acesso ao aplicativo e-visit@PE. Nesta segunda-feira (11.11), a partir das 9h, no auditório do Hotel do Grande Rio, em Petrolina, acontece a entrega de 162 smartphones para os municípios do Sertão do São Francisco, que compõem a VIII Gerência Regional de Saúde (Geres). 
 
Atualmente, 762 profissionais de 59 municípios, localizados nas IV,  VI, VII, IX, X e XI Geres, já organizam suas rotinas de trabalho no ambiente on-line, possibilitando a visualização dos dados pelos gestores municipais e estaduais. A expectativa é que, até o final do ano, todos os municípios pernambucanos sejam beneficiados com a nova tecnologia. Ao todo, são mais de quatro mil smartphones disponibilizados pelo Governo do Estado às cidades pernambucanas, num aporte de recursos superior a R$ 2,4 milhões. 
 
Na VIII Geres, a entrega dos smartphones será feita para as cidades de Afrânio, Cabrobó, Dormentes, Lagoa Grande, Orocó, Petrolina e Santa Maria da Boa Vista, que juntas totalizam 162 profissionais entre Agentes de Combate às Endemias (ACE), coordenadores, técnicos e seus supervisores de vigilância em saúde. No ambiente on-line do e-visit@PE, os trabalhadores têm as informações de toda a sua área de atuação e poderão informar as casas visitadas e quais recusaram ou estavam fechadas; os focos positivos para o Aedes, quantos foram tratados e se houve a necessidade de usar larvicida, entre outros dados. Antes da entrega dos smartphones, os agentes de endemias e gestores municipais foram treinados para utilizar a tecnologia. Também foi preciso fazer o cadastro de todos os domicílios dos municípios para que pudessem ser iniciado.
 
“A implantação dessa tecnologia móvel nos dará mais rapidez ao acesso, por parte dos gestores municipais e estaduais, das informações colhidas in loco pelos agentes de endemias das cidades pernambucanas. Os registros dessas informações nos possibilitam ainda elaborar estratégias para o controle vetorial desses arbovírus. Com o preenchimento manual, o agente de endemias precisava consolidar as informações de toda a semana e repassar o levantamento para o seu supervisor de área, que, por sua vez, encaminha os dados consolidados ao digitador para inserção no sistema de informação. Com o e-visit@PE, o agente fará isso em uma etapa apenas, pois no momento que estiver no imóvel visitado já poderá fazer a inserção dos dados e características em tempo real, proporcionando mais agilidade e ação imediata”, destaca o secretário estadual de Saúde, André Longo. 
 
AÇÕES – Além da nova tecnologia voltada para o trabalho de campo dos agentes municipais, neste ano, o Governo de Pernambuco, por meio das secretarias estaduais de Saúde e Educação, lançou, em junho, a revista da Turmada Mônica intitulada “Um pequeno grande vilão”. O material especial elaborado pela Maurício de Souza Produções traz, de forma lúdica, informações sobre como evitar os casos de arboviroses, além de apresentar a sintomatologia das doenças. Ao todo, foram adquiridas 300 mil revistinhas, com um investimento de R$ 182 mil, para distribuição entre os alunos do ensino fundamental I e II e para as bibliotecas das mais de 1 mil escolas estaduais em Pernambuco. No gibi, Mônica e seus amigos encontram um mosquito e decidem levá-lo até o cientista da turma, o Franjinha,para que ele descubra do que se trata o inseto. Após analisar, Franjinha confirma que eles estão diante do Aedes aegypti. Com isso, o grupo inicia uma jornada para eliminar todos os possíveis criadouros do mosquito no bairro do Limoeiro. O material também traz brincadeiras, como o jogo dos sete erros, para ajudar ainda mais na absorção do conteúdo pelos alunos. Vale destacar que estas ações fazem parte do Plano de Enfrentamento às Arboviroses 2019. Ao todo, quase R$ 8 milhões estão sendo investidos nas ações- o dobro de 2018. 
 
DADOS – Até o último dia 02.11,foram notificados 3.221 casos de dengue na VIII Geres – Petrolina (317 em 2018 / aumento de 916,1%), 370 de chikungunya (44 em 2018 / + 74,9%) e 127 de zika (39 em 2018 / + 225,6%).
 
Em todo o Estado, são 56.300 notificações de dengue (21.287 em 2018 / ampliação de 164,5%), 7.562 de chikungunya (3.154 em 2018 / + 139,8%) e 3.524 de zika (1.261 em 2018 / + 179,5%).
Secretaria Estadual de Saúde – PE
Previous post

Mais da metade da discografia de João Gilberto não está no Brasil

Next post

Senador Fernando Bezerra Coelho e o prefeito Miguel Coelho visitam a Feincartes neste sábado

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.