Artigo

Ponto de Vista


Caro amigo Blogueiro,

Como cidadão de Juazeiro e quem tem uma assiduidade no que se refere acompanhar a imprensa da região, seja pelos blogs que a cada dia crescem e ganham uma força muito grande, pelo fato de ter um relevante número de acessos diários, seja pelos Jornais tradicionais da região, seja pelo rádio, seja pelas TVs, enfim por toda essa categoria que todo dia trás a tona, tudo que se refere a politica, ao cotidiano, as noticias em geral. Quero deixar a minha felicidade em ter acompanhado desde ontem (17), por todos esses meios, o sucesso que foi essa audiência pública na casa Aprígio Duarte Filho, para tratar do serviço de moto taxi na nossa cidade.
E assim de pronto parabenizar ao Vereador e Presidente da ACAPMMEB Mitonho Vargas, pelos diversos discursos feitos a favor dessa classe, que tem sido de grande valia ao povo dessa cidade, no sentido que hoje podemos ir a qualquer lugar. E quando falo qualquer lugar, me refiro a ruas que antes ônibus não entravam, pelo fato dessas estarem esburacadas, sem condição de trafego por esses. Parabenizar a todos os moto taxistas que estão abraçando a causa, que compareceram, que fazem valer o seu direito. Acredito que essa categoria deveria ser tomada como exemplo para muitas outras coisas, como já dizia a música que foi por muita vezes usada por esses “Vamos amigo lute, vamos amigo lute”. É assim que de fato devemos agir, lutar, insistir, persistir e mesmo quando todos os outros não acreditarem, mesmo assim você acreditar, pois foi isso que toda a cidade de Juazeiro viu e acredito que cada um seja testemunha. Quem não lembra dos vários manifestos feitos por esses moto taxistas? Quem não se lembra dos manifestos na delegacia, no batalhão de polícia e nas ruas de Juazeiro? Quem não lembra do dia em que a ponte parou e o Vereador, que salvo engano ainda nem era Vereador nesse tempo, estava lá firme e forte conduzindo esses, impulsionando na brigada pelo espaço, pela legalização, pelo sonho de se tornar real a profissão moto taxista?
Reitero meus parabéns a essa classe, e que de fato a fiscalização aconteça, que o espaço para os outros exista, porém dentro do que a lei rege, lembrando agora a frase usada pelo mesmo vereador quando citou que “Não se pode tratar os desiguais, iguais”.

Valmir Silva <valmirsilva81@yahoo.com.br>


 

Artigo

Ponto de Vista

 

Carta de “agradecimento” ao prefeito Isaac Carvalho

 

Amigo Isaac, ao contrario dos desabafos, dos gritos contidos, das indignações no escuro, venho aqui lhe desejar boa sorte no grande dia que se aproxima.


Já se faz dois anos e meio do seu governo e o fim de seu mandato começa a reluzir no horizonte, a cidade, já saudosa, conta milimetricamente os dias e as horas para sua aposentadoria politica, não por outro motivo senão, a vontade de ver-te dirigindo as suas empresas, longe daqui, ao lado de sua familia, de seus amigos que, sacrificando-se por altos e obesos salários, emprestaram por todo este tempo, seus conhecimentos adquiridos na Juagro, à prefeitura.

Com certeza a cidade sentirá saudades de sua administração, de sua capacidade de não dizer nada com nada e falar tudo, de acreditar em fantasias, e principalmente conta-las ao povo desta terra, de mentir teimosamente, nos remetendo a infância fazendo-nos lembrar da figura marcante de pinoquio. Obrigado amigo.

Obrigado por ter mostrado a Juazeiro o que um prefeito não deve fazer, não deve dizer e não deve falar, por desprezar e menosprezar a imprensa querendo torna-la anexo de seus caprichos, por fragilizar a imparcialidade arrancando com as unhas da prepotencia, a voz do povo , e por introduzir conceitos mórbidos de politica na vida ativa da cidade.

Obrigado por esquartejar o PT, partido tradicional da resistência, trazendo para as suas hostes os seus restos mortais, por sua capacidade de destruir que fez a gentileza de acabar com a cultura, com as festas populares, como carnaval, e com o riso do nosso povo que outrora era o cartão postal desta terra.

Voce, como antiproduto da politica, como emergente das prateleiras da incompetencia é o motivo de nosso orgulho, da altivez de nao termos com o que nos orgulharmos e fortalecer o nosso bairrismo quando nos isola de vez de Petrolina com esta ponte esculhambada e eternamente inacabada.

Obrigado amigo Isaac, pela inovação no conceito de administrar, pela competencia de mostrar que um capitalista feroz é comunista, que nao gosta de greve e de trabalhadores, que a politica deve ser como antigamente com perseguiçoes, rancores e chicotes e de ferrar o povo como boi e a cidade com uma arena de vaqueijada, obrigado amigo, por nos tratar com chutes, botas , esporas e chicotes.

Obrigado por ressuscitar na politica o grande Flavio Luiz,por juntar Pedro Alcantara a Hugo prestação, por expulsar do PC do B figuras historicas como negao do Edson, por levar nosso futebol para jogar em outra cidade e contribuir para o seu re-rebaixamento,por contribuir pro renascimento da revolta popular.

Parabens enfim pelo feito historico de colocar embaixo dos pes nove ou dez homens e mulheres vereadores,amordaçando-os , por tapar a boca do ex combatente zó ,fazendo calar-se na cumplicidade incestuosa, por não dar ousadia a este povo exigente de Juazeiro que quer sempre a cidade limpa, iluminada e organizada.

Derradeiramente,muito obrigado por sua abstrata existência que ensina com catedra como massacrar e sangrar sonhos, esperanças e a confiança de 200 mil pessoas.Obrigada amigo.

Sentiremos saudades, Vc detem uma enorme competencia em nos desprezar e como o desprezo é primo do desencanto , filho da vaidade e irmao do orgulho, somos orgulhosos de termos na cidade o segundo pior prefeito da Bahia, atras somente de Joao Henrique de Salvador-BA-que orgulho!

Enfim, alcançamos o patamar que tanto buscamos, subimos no ranking, em alguma coisa Juazeiro está no topo, Juazeiro merece e lhe agradece muito.

Muito Obrigado Prefeito, sou sua fã. Vou morrer de saudades…

 

MARLA CONCEIÇÃO

CASTELO BRANCO-55

martaccardoso@terra.com.br

 

Previous post

Acidente de moto na cohab massangano

Next post

Assinada Ordem de Serviço para construção de cobertura da feira livre de São Gonçalo

No Comment

Leave a reply