Cidades

Prefeito de Salgueiro decreta estado de calamidade administrativa e financeira

Com a justificativa de falta de informações orçamentárias e contábeis não repassadas pela gestão anterior no processo de transição de governo, o prefeito de Salgueiro, Marcones Sá, decretou estado de calamidade administrativa e financeira no município nessa quarta-feira, 13. Ele afirma que não recebeu documentos que deveriam ter sido repassados até o dia 31 de dezembro de 2020 pela equipe de transição do ex-prefeito.

Sem conhecimento das despesas que ficaram de exercícios anteriores, o novo gestor alega que ficou impossibilitado de abrir o orçamento 2021. Desse modo, realizou um corte contábil e opera com os ajustes futuros.

O decreto suspende todos os pagamentos referentes às despesas empenhadas, que não tiveram informações repassadas à nova gestão até o dia 31 de dezembro de 2020. Esses restos a pagar devem ser submetidos a processo administrativo para registro contábil e reconhecimento da dívida.

Previous post

Defesa civil alerta população para cuidados durante as chuvas em Petrolina

Next post

Dormentes registrou desde o início da pandemia, 854 infectados pela covid-19 e 2 óbitos

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.