Administração

Prefeitura promove Congresso de Formação para o SUS

Cássio Viana/ estagiário SESAU

Em parceria com o programa PET-Saúde a Prefeitura de Juazeiro realizou esta semana o V Congresso de Formação para o SUS/CONGREFOR, cujo tema foi ‘Educação e trabalho interprofissional: desafios, experiências e resistência em defesa do SUS’. O evento aconteceu no Complexo Multieventos da Universidade Federal do Vale do São Francisco/UNIVASF em Juazeiro, assim como o VI Simpósio de Residências em Saúde do Vale do São Francisco/SIMPRES.

A programação incluiu conferências, rodas de conversa, minicursos, apresentações de experiências de atuação e formação profissional, além de trabalhos científicos que enriqueceram a formação dos profissionais, acadêmicos e residentes a fim de fortalecer a luta em defesa do Sistema Único de Saúde/SUS. De acordo com a diretora de Atenção Básica de Juazeiro, Simone Freire, a parceria foi importante porque o investimento na formação dos profissionais resulta numa melhor oferta de cuidado a população. “Quanto mais investimos na educação, transformamos a nossa assistência. Esse é o nosso maior objetivo, além de nos permitir também enxergar outras estratégias de fortalecimento do SUS”, afirmou.

Para a coordenadora geral do evento, Michele Rabelo, o evento é resultado de parcerias que possibilitam a interação entre os serviços de saúde e a universidade. “É uma oportunidade de poder se dedicar a discutir as políticas de saúde nessa conjuntura política de desmonte do SUS, a PEC dos gastos, que congela os investimentos”, alertou.

A estudante do curso de psicologia, Ana Catharine Guimarães Castro, acredita que as discussões abrem espaço para pensar estratégias de enfrentamento diante da desestruturação do SUS e da própria universidade pública. “O evento faz com que a comunidade saiba o que está sendo produzido na Universidade e possibilita construção de estratégias de fortalecimento do SUS, que é um instrumento de luta”, contou.

Previous post

Samu de Petrolina comemora 15 anos com novas ambulâncias e reestruturação do serviço

Next post

Mais da metade da discografia de João Gilberto não está no Brasil

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.