Administração

Professora da Université du Québec à Trois-Rivières realiza atividades no Vale do São Francisco

Educação, inclusão e multiculturalismo. Estes são alguns dos eixos de pesquisa estudados pela professora Corina Borri-Anadon, Université du Québec à Trois-Rivières (UQTR), do Canadá, que está no Vale do São Francisco através de um acordo de cooperação técnica entre a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e sua instituição de origem. Durante 11 dias, a docente realizará diversas ações na região, como palestras, visitas a escolas, lançamento de livro e participações em aulas de cursos de pós-graduação.

A professora está em licença sabática e durante esse período tem como plano de trabalho o desenvolvimento de atividades em parceria com algumas universidades brasileiras, dentre elas, a Univasf, que possui convênio com a UQTR desde 2018. Corina iniciou seu calendário de ações no Vale do São Francisco na última segunda-feira (9) e permanecerá na região até o dia 20 de setembro, quando participará do Colóquio “Multiculturalismo no campo educacional”, na Universidade de Pernambuco (UPE), em Petrolina (PE).

Dentre as atividades realizadas pela docente durante sua estadia na região, estão: visitas a setores da Univasf e ao Colégio Guiomar Barreto, em Juazeiro (BA); participação em aulas do mestrado em Psicologia da Univasf e do mestrado Profissional em Formação Docente da UPE; presença na roda de conversa “Ansiedade e depressão nos filhos: possibilidades de ações para pais e cuidadores”, na Univasf, entre outros trabalhos.

O estudo de Corina é voltado ao campo da adaptação escolar e relações étnicas, levando em conta aspectos de diversidade étnico-cultural e linguística na escola, além de inclusão na educação e práticas profissionais em contextos de diversidade. Mestre em Patologia Fonoaudiológica e doutora em Educação, Corina é associada ao Departamento de Educação da UQTR e está no Brasil com o intuito de ampliar perspectivas teóricas e metodológicas, além de proporcionar troca de experiências e compartilhamento de desafios comuns entre os países. “O principal objetivo é desenvolver e fortalecer parcerias e continuar nesse caminho para pensar educação inclusiva em vários contextos”, afirma a canadense.

Assinado há um ano, o acordo de cooperação entre a UQTR e a Univasf visa proporcionar o desenvolvimento de pesquisas em diversas áreas do conhecimento e teve, inicialmente, um projeto para o campo da Psicologia Aplicada, coordenado na Univasf pelo professor do Colegiado de Psicologia e coordenador do Núcleo de Estudos e Práticas sobre Infâncias e Educação Infantil (Nupie), Marcelo Ribeiro. Agora, as duas universidades estão trabalhando em conjunto no desenvolvimento de uma pesquisa qualitativa sobre Ludicidade e Relações Parentais.

Previous post

Prefeitura levará atendimento gratuito de saúde para comunidade do Alto do Cocar

Next post

Saúde de Petrolina orienta população sobre necessidade de vacinação contra o sarampo

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.