Artigo

QUARENTENA DA DESORDEM

VEJA – Até o momento, a pandemia do novo coronavírus já deixou 269.867 mortos e 3.861.697 contaminados no mundo e 9.146 mortos e 135.106 contaminados no Brasil.

Com um governo desorganizado no combate à Covid-19, pressões comerciais e comportamento de risco da população, o Brasil se tornou campeão mundial da bagunça na quarentena, principal método para conter o avanço da doença.
 Matéria de capa de VEJA desta semana mostra como a falta de consenso entre as autoridades e o baixo índice de isolamento social provocam perda de vidas e prejuízos financeiros para o país. Para tentar frear o contágio, a prefeitura de São Paulo decidiu estender a quarentena até 1º de junho, além de adotar medidas mais restritivas para o rodízio de veículos a partir de 11 de maio.
Já no Rio, o governador Wilson Witzel deixará a cargo dos prefeitos a decisão sobre o lockdown.
Previous post

Entidades de Segurança Pública e MP se articulam para reforçar isolamento social e prevenção à Covid-19 em Petrolina

Next post

"Não podemos relaxar nas medidas de segurança", diz prefeito de Sobradinho,que lança novo decreto com medidas restritivas; município não registra caso de coronavírus até o momento

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.