Administração

VEREADOR CHAMA ATENÇÃO PARA ALTAS TAXAS COBRADAS PELA ADUTORA DA CARAÍBA

O vereador Inaldo Loiola durante a sua Participação ao Programa Bastidores da Cidade falou da sua preocupação com relação ao abastecimento de água da Mineração Caraíba. Segundo o parlamentar, as taxas são altas e comprometem os pequenos produtores que utilizam a água, além disso, convocou a Prefeitura, Câmara e os deputados estaduais e federais que representam o município.

“A adutora é um equipamento importantíssimo no nosso município. De toda sua extensão mais de 90% fica no município de Juazeiro e tem diversos produtores rurais, aproximadamente 700 usuários, usando aquela água, além do SAAE e a Embasa que compram água e distribuem para os usuários dos distritos, como também de diversas comunidades. Mas o que tem ocorrido, como já falei outras vezes, é o preço daquela água, sobretudo para os pequenos produtores é muito alto”, disse.

Ele explicou ainda que quando a adutora foi concedida há 50 anos foi dada a outorga da água foi para a Mineração. “Ao longo do tempo o pessoal foi usando a água para pequenos plantios. Como foi concedida para mineração, todos os impostos e encargos são os mais caros que existem, tornando assim á agua para agricultura quase que inviável. A Mineração utiliza apenas 20% daquela água. O SAAE e a Embasa utilizam mais 20% e o restante são dos pequenos produtores. Os produtores pagam a água como se fossem para a Mineração e ai onde está o grave problema que temos que resolver”, pontuou.

Na ocasião, ele disse que o problema da adutora já está na Anel em Brasília. “Temos que retirar estes 80% por que a Mineração só usa 20% da água, é preciso  fazer essa agenda e não tenho dúvidas que todas as pessoas vão se comprometer com isso. Acredito que este momento é de reacender as discussões e mostrar para a Anel que é preciso reduzir o valor  da energia e assim resolver a situação. Eu já conversei com o vereador licenciado, Agnaldo Meira, o deputado Zó, com o deputado Daniel Almeida para a gente resolver. A Mineração quer resolver o problema e faz questão de pagar os 20% de água que consome e não quer cobrar um preço exorbitante. Não é a função de a mineradora vender água. A mineradora, o forte dela é a mineração”, alertou.

Por fim, ele falou da importância da Junção de forças. “Eu não tenho dúvidas de que nós vamos trazer esse problema para o prefeito. Já estamos em reunião e convido todos os vereadores, o prefeito, Paulo Bomfim, o secretário de governo, Isaac Carvalho, o deputado Zó e Roberto Carlos, e deputado Daniel Almeida para que possamos levar esse problema para Brasília, Salvador, Aneel que quer resolver o problema”, convocou.

Da Redação-BlogQSP

Previous post

advogados e oab/Juazeiro, denunciam delegado de Remanso por violação de prerrogativas

Next post

Notas fiscais reforçam suspeita de caixa 2 na campanha PRESIDENCIAL do PSL de 2018

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.