Educação

X Simpósio Brasileiro de Educação em Solos aborda importância dos solos a partir desta terça-feira (2)

Renata Freitas – 

Compartilhar e debater com a sociedade conhecimentos já adquiridos sobre o solo, a fim de garantir a vida no planeta hoje e para as gerações futuras é a missão do X Simpósio Brasileiro de Educação em Solos (SBES), que será realizado em formato on-line e terá início nesta terça-feira (2).

O evento é promovido pelo Núcleo Nordeste da Sociedade Brasileira de Ciência do Solo e organizado pela Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em parceria com o Instituto Federal Baiano (IF Baiano) e a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). O SBES acontece até sexta-feira (5) e está direcionado a toda a comunidade acadêmica, educadores, estudantes do ensino médio e à sociedade em geral.

Ainda é possível se inscrever. As inscrições podem ser feitas pelo site do SBES. A taxa é gratuita para estudantes do ensino médio. O valor da inscrição varia conforme a categoria do participante.

Para professores da educação básica a taxa é de R$ 40,00 e para membros da sociedade civil, R$ 30,00. Todos os valores por categoria profissional estão disponíveis no site do evento.

O simpósio tem como tema central “A Voz dos Invisíveis na Sociedade e na Academia” e seu objetivo é chamar a atenção da população, de maneira geral, sobre a necessidade de se preservar o solo, que “está no centro da vida no planeta”, como ressalta a professora do Colegiado de Engenharia Agrícola e Ambiental (Cenamb) da Univasf, Carmem Sueze Silva Miranda, presidente da comissão organizadora do evento.

“Todos os outros compartimentos ambientais (ar, água, biota) dependem do solo e ele é invisível na sociedade”, frisa.

A programação do X SBES é composta por oficinas, minicursos, palestras, mesas redondas e apresentação de trabalhos. A abertura do evento será realizada amanhã (2), às 14h30, com a presença do reitor pro tempore da Univasf, Paulo César Fagundes Neves.

Em seguida, a palestra de abertura tratará sobre o tema central do evento “A voz dos invisíveis na sociedade e na academia”, com a participação dos professores Ricardo Dalmolin, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), e Adelson Dias, da Univasf, e mediação da professora Ivânia Freitas, da Universidade do Estado da Bahia (Uneb).

Na quarta-feira (3), às 9h, haverá uma ciranda docente, na qual professores dos cursos de graduação da área de Solos irão compartilhar experiências e conquistas já alcançadas na sala de aula no ensino superior e falar sobre desafios futuros. A programação completa está disponível no site do evento.

De acordo com Carmem Sueze, o SBES já conta com 340 pessoas inscritas de todo o país. As atividades serão realizadas por meio de uma plataforma interativa. O link de acesso será encaminhado aos participantes inscritos.

Ela destaca ainda que o evento é importante para popularizar o conhecimento de solos junto à sociedade civil.

“O solo pode ser, dentre outros compartimentos ambientais, o maior reservatório de carbono, contribuindo assim para a redução da presença no ar de gases de efeito estufa.

O solo é também o rim ambiental, na medida em que filtra a água, inertiza agentes patogênicos e indisponibiliza elementos químicos, como metais pesados.

É o solo ainda o sustentáculo da vida vegetal, que, também através do cultivo, alimenta humanos e animais, além de constituir o habitat destes e dar o suporte para as habitações construídas pelo homem”, reforça a docente.

O X SBES foi realizado pela primeira vez em 1994 e, em suas ações, promove coletivamente a consciência de co-responsabilidade pela vida no planeta Terra entre a comunidade.

Previous post

Controle do espaço aéreo em Petrolina vai ganhar novos radares

Next post

BANDIDOS EXPLODEM AGÊNCIA DO BRADESCO DE SANTA CRUZ DA VENERADA E IMPLANTAM TERROR NA CIDADE

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.