Saúde

Brasil registrou 98.832 casos de covid em 24 h, 3º maior número da pandemia

Ministério da Saúde confirmou mais 98.832 casos de covid-19 nesta 6ª feira (18.jun.2021). É o 3º maior número de diagnósticos registrados em 24 horas desde o início da pandemia. O Brasil se aproxima das 500 mil vítimas da covid-19. Foram registradas 2.495 mortes em 24 horas. Agora são 17.801.462 diagnósticos no total.

As autoridades de saúde afirmam ainda que, do total de pessoas contaminadas, 16.136.968 milhões já estão recuperadas e 1.165.995 milhão estão em acompanhamento médico.

A média móvel matiza variações abruptas, como o menor registro de ocorrências nos finais de semana, segundas-feiras e feriados. A curva é uma média do número de ocorrências confirmadas em 7 dias.

De acordo com os dados do Ministério da Saúde, a média móvel de novas mortes no país é de 2.038, incluindo as desta 6ª feira (18.jun.2021).

Já a curva de novos casos está em 72.192, de acordo com os números oficiais. Voltou a subir na 3ª feira (15.jun.2021) depois de mais de 2 meses abaixo de 70.000.

MORTES PROPORCIONAIS

O Brasil tem 2.336 mortes por milhão de habitantes. Em 4 Estados há mais de 3.000 mortes por milhão: Rondônia, Mato Grosso, Amazonas e Rio de Janeiro.

As taxas consideram o número de mortes confirmadas pelo Ministério da Saúde e a estimativa populacional do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para o ano de 2021 em cada unidade da Federação.

No domingo (13.jun.2021), o Brasil ultrapassou a Eslováquia e agora ocupa a 8ª posição no ranking mundial de mortes proporcionais, de acordo com o painel Worldometer. A lista é liderada pelo Peru, com 5.679 mortes por milhão. O país revisou os dados e subiu ao topo do ranking, posição antes ocupada pela Hungria.

Previous post

Petrolina e Juazeiro começam a se agitar com manifestação 'FORA BOLSONARO'

Next post

Campanha do Agasalho vai arrecadar roupas e cobertores para pessoas em vulnerabilidade social de Petrolina

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.