Política

DENÚNCIA É ‘INEPTA’ E COLECIONA ‘ERROS JURÍDICOS’, AFIRMA DEFESA DE GEDDEL

A defesa do ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA) afirmou em nota divulgada na noite desta quarta-feira (16) que a denúncia apresentada contra ele pelo Ministério Público Federal (MPF) por obstrução de Justiça, apresentada nesta quarta-feira (16), é “inepta” e “imprestável” e que reúne uma “coleção invulgar de erros jurídicos, de gritante fragilidade”. O comunicado foi assinado pelo advogado Gamil Föppel, que atua em defesa do peemedebista. Föppel também argumenta que a denúncia contraria a decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), que rejeitou a ilicitude sobre as ligações de Geddel para a esposa do doleiro Lúcio Funaro. Os procuradores responsáveis pelo caso sustentam que Geddel agiu para constranger Funaro que negocia acordo de delação premiada com o MPF, a não colaborar com as investigações. “É preciso ressaltar que nem o senhor Lúcio Funaro, nem sua esposa, em momento algum, afirmaram terem sido ameaçados ou intimidados por Geddel Vieira Lima”, diz a defesa. O advogado ainda aponta uma repetição de uma sanção sobre o mesmo fato (bis in idem). “Acusa-se, simultaneamente, pelo crime de organização criminosa (em confissão de que os subscritores da denúncia não têm atribuição funcional para atuação no caso) e pela modalidade especial dessa mesma infração penal”, argumenta.

Previous post

MINISTRO DA INTEGRAÇÃO DIZ QUE AGRICULTORES DEVEM FICAR NO PROJETO PONTAL ATÉ SER ENCONTRADA SOLUÇÃO DEFINITIVA

Next post

BOA NOITE

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.

No Comment

Leave a reply