ConfraternizaçõesEducação

Estudante da Univasf é premiado na 9ª edição do Campus Mobile

Júlia R. Mendes – 

O estudante de Engenharia da Computação da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) Darlei Pereira da Silva conquistou o 1º lugar na categoria Educação na 9ª edição do Campus Mobile, um concurso de ideias e soluções para dispositivos móveis, realizado pelo Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico (LSI-TEC), da Universidade de São Paulo (USP), em parceria com o Instituto Claro.

O discente desenvolveu um aplicativo intitulado “Educação + Cuidados da Saúde = –Doença (E + CS = -D)” que apresenta conteúdo educativo para crianças e adolescentes sobre a prevenção de diversas doenças. Os vencedores desta edição estão disponíveis no site do Campus Mobile.

O aplicativo criado por Silva propõe jogos e conteúdos educacionais que visam contribuir com o aprendizado sobre a prevenção de doenças como dengue, zika, chikungunya, gripe e Covid-19.

O discente conta que todo o desenvolvimento do projeto ocorreu durante a competição, porém a ideia surgiu por meio de uma conversa com familiares sobre as dores causadas pela chikungunya, uma das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.

Idealizado com a temática de quadrinhos, o “E + CS = -D” tem personagens e o cenário possui características nordestinas. Silva destaca que o aplicativo é importante em vários aspectos, tanto educacional, como tecnológico. “Trazer os elementos da cultura regional faz com que o usuário tenha uma relação maior de pertencimento ao jogo.

Talvez traga também inspiração para as crianças e jovens da região seguirem a área da tecnologia”, pontua. O aplicativo já está disponível para download gratuitamente na Play Store.

O projeto de Silva concorreu com outras 91 ideias classificadas para a fase de desenvolvimento dos protótipos estabelecida pelo concurso, que teve a participação de 198 estudantes de 68 universidades brasileiras. Apenas três projetos de cada categoria foram classificados para a final.

Os vencedores participarão de uma viagem ao Vale do Silício, na Califórnia, Estados Unidos, quando as condições sanitárias permitirem, e receberão um prêmio em dinheiro para concretizar as ideias propostas.

Nascido no povoado Várzea do Mulato, na zona rural de Senhor do Bonfim (BA), Silva está no 2º período do curso ofertado no Campus Juazeiro e era o único estudante da Univasf entre os participantes dessa edição do Campus Mobile.

O discente, que já é graduado em Licenciatura em Geografia pela Univasf, conta que vencer o concurso significou a realização de um sonho. “De início, lembrei de toda a minha trajetória, desde a escola do meu povoado de Várzea do Mulato.

A competição é muito boa e divertida, mas é muito complexa. Para mim, foi difícil e desgastante, por serem vários meses focados no projeto, porém no final valeu a pena”, afirma.

A 9ª edição do Campus Mobile foi dividida em seis categorias: Educação, Games, Smart Farms, Smart Cities, Saúde e Diversidade. Todas as atividades, painéis, maratonas de programação e bancas das quatro etapas foram realizadas on-line, em virtude da pandemia de Covid-19. No total, o concurso teve seis meses de duração.

O resultado da 9ª edição foi divulgado no início de maio pelo canal Campus Mobile, no YouTube.

Previous post

Incêndio atinge ala Covid de hospital em Aracaju com saldo de 4 mortos

Next post

Secretaria de Habitação de Petrolina alerta população sobre falsa cobrança de cadastro para programa habitacional

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.