Polícia

Guarda civil de Juazeiro, procura elementos que destroem placas de sinalização

 A Prefeitura de Juazeiro, através da Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT), têm reforçado em toda cidade um projeto de sinalização horizontal e vertical com o objetivo de assegurar aos motoristas e pedestres melhores condições para a segurança viária do município.

Infelizmente, nos últimos meses cerca de dez placas foram alvo da ação de vândalos que com frequência picham, quebram e furtam as sinalizações de trânsito, vandalizando o patrimônio público.

A equipe de engenharia de tráfego da CSTT têm reparado as placas danificadas ou reinstalado as furtadas, no intuito de evitar transtornos maiores aos condutores.

O setor enfatiza que esses equipamentos são de suma importância para orientar sobre as regras de trânsito, condições da via, alertar quanto a proibições, restrições, obrigações e entre outros, contribuindo para tentar evitar o aumento no índice de acidentes no município.

De acordo com o diretor-presidente da CSTT, Tenório Filho, esse tipo de crime traz muitos transtornos, inclusive impedindo a instalação de novas sinalizações onde não há.

“Reparos em bens públicos como esses saem caro para a prefeitura, e prejudica a população. Queremos enfatizar que quem pratica esse tipo de vandalismo está cometendo um crime e poderá responder judicialmente por isso”, explicou.

Outra situação que tem chamado a atenção da prefeitura,  é que alguns funcionários têm sofrido ameaças, inclusive com arma de fogo, durante a instalação dos equipamentos, gerando insegurança.

Por este motivo, haverá o acompanhamento da Guarda Civil Municipal quando for necessário.

Denuncie

O crime de vandalismo está previsto no artigo 163, parágrafo único, inciso III, do Código Penal Brasileiro, o autor do delito fica sujeito à prisão e multa, por danos ao patrimônio público.

Caso a população presencie alguma ação suspeita, denuncie a Guarda Civil Municipal pelo 153 ou a Polícia Militar no 190.

Texto: Thamires Santos – assessora de imprensa

Previous post

Maioria no país não acredita em nada do que é dito por Bolsonaro

Next post

Mega-Sena, concurso 2.389: ninguém acertou as seis dezenas e prêmio vai a R$ 65 milhões

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.