Justiça

Mãe da menina Beatriz se encontra com o vice prefeito de Juazeiro, na busca de melhorias para escola que tem o nome de sua filha

O vice-prefeito de Juazeiro, Leonardo Bandeira, se reuniu nesta segunda-feira (3) com Lucinha Mota, mãe da menina Beatriz Angélica. Acompanhada do líder comunitário Berinho de Maniçoba, Lucinha pediu melhorias na infraestrutura, bem-estar e na segurança da Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Beatriz Angélica Mota.

A escola municipal recebeu este nome em homenagem à filha de Lucinha, que foi cruelmente assassinada a facadas em dezembro de 2015, dentro de uma escola particular da vizinha cidade de Petrolina. O vice-prefeito ouviu todas as demandas e se comprometeu a levar as solicitações à Secretaria de Educação e Juventude (Seduc) do município.

“A Prefeitura de Juazeiro começou a fazer reformas em algumas escolas do município e vamos dar uma atenção especial também para a EMEI em memória da menina Beatriz. Vamos encaminhar essa demanda à Seduc e dentro do planejamento da prefeitura analisar como poderemos realizar essas melhorias”, frisou Leonardo Bandeira.

Texto: Edísia Santos – Ascom PMJ

Previous post

Miguel sobe o tom nas críticas ao governo do estado e questiona tratamento privilegiado a João Campos

Next post

Mulher é assassinada a tiros dentro de casa em Santa Maria da Boa Vista

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.