Água

Nota de repúdio e o posicionamento da Fenaert mediante o ataque feito à imprensa pelo presidente da República

A Federação Nacional das Empresas de Rádio e Televisão (FENAERT) manifesta seu repúdio ao ataque feito à imprensa pelo Presidente da República Jair Bolsonaro. Durante uma breve entrevista, o presidente mandou membros da sua própria equipe calarem a boca e também da equipe da TV Vanguarda, afiliada da Rede Globo, que fazia a cobertura do evento.

Na ocasião, Jair Bolsonaro além de ofender os jornalistas que estavam no exercício da sua profissão, também tirou a máscara, colocando em risco a saúde daqueles ali presentes. O fato aconteceu depois de ter sido questionado sobre a multa que recebeu do governo paulista pelo não uso da máscara obrigatória para evitar a transmissão da Covid-19 durante um passeio com motociclistas.

A Fenaert repudia qualquer ação de cerceamento da liberdade de imprensa e reforça a importância do jornalismo para a democracia. Nos solidarizamos ainda com a repórter da TV Vanguarda, Laurene Santos, alvo das ofensas do presidente.

 

Previous post

Prefeituras de Petrolina e Juazeiro alinham parceria para a Fenagri 2021

Next post

Prefeitura de Juazeiro promoverá arraiá virtual da Rede Municipal de Ensino nesta terça-feira

farnesio

farnesio

Petrolinense/Juazeirense de Arapiraca-Alagoas, é radialista com passagens pelas Rádios Jornal do Comércio de Garanhuns e Petrolina, Novo Nordeste de Arapiraca, Emissora Rural, Grande Rio AM e FM de Petrolina, Radio Cidade, Nova Indy e atualmente é âncora do Programa Bastidores da Notícia na Rádio Tropical SAT/FM de Juazeiro e editor do BlogQSP.